Jürgen Klopp já escolheu o seu favorito para substituir Philippe #Coutinho. O astro brasileiro do #Liverpool, de 25 anos, está ficando cada vez mais perto de assinar com o Barcelona, deixando os ingleses no meio da temporada. Tudo indica que isso vai acontecer ainda durante esse mês de janeiro, por um valor histórico na Espanha. Poderia ser a maior contratação, e o jornal Marca, da Espanha, [VIDEO] fala até em uma oferta de 160 milhões de euros (622 milhões de reais), que seriam 120 fixos e 40 de variáveis, ainda não definidas. Perante essa saída de um dos jogadores mais influentes do time, Klopp vai precisar reforçar seu time. E o alemão sabe muito bem quem ele quer.

Escolhido o substituto de Coutinho

E o substituto de Coutinho no Liverpool está no #Real Madrid. É o espanhol Dani Ceballos. O jovem criativo chegou ao Real no último mercado de verão, mas não está contando com muitas oportunidades de Zinedine Zidane e tem poucas chances. Também por isso, Klopp antevê que o jovem espanhol poderia ser uma excelente oportunidade para o seu Liverpool.

Como ele joga pouco no Rea [VIDEO]l, os espanhóis poderiam facilmente cedê-lo, e Klopp não tem dúvidas sobre o valor do jovem craque, acreditando que ele poderia ser a melhor solução para a vaga deixada pelo meia brasileiro no Liverpool.

Entretanto, o treinador alemão parece já estar preparado para a saída de Coutinho. O craque é ausência no encontro contra o Everton, desta sexta-feira, e já muito se fala que ele poderia estar a dias de assinar, finalmente, com o Barcelona.

A estrela brasileira esteve prestes a assinar com os catalães no verão passado e agora não vai hesitar, quando tiver chance de se mudar para seu novo time.

O que o Liverpool exige do Barça para fechar a venda de Coutinho

Apesar de o desejo de Coutinho e Barcelona, cabe ao Liverpool a decisão final. E os ingleses estão preparados para perder o jogador, mas têm algumas condições para que isso aconteça. De acordo com o site Don Balón, eles já enviaram ao presidente catalão, Josep Maria Bartomeu, sua condição indispensável para selar a transferência de um jogador de futebol que está doido para se juntar a Leo Messi.

É que o Liverpool não quer nem pensar na possibilidade de que Coutinho seja mais barato do que Ousmane Dembelé, jogador que custou mais de cem milhões de euros fixos, fora as condições variáveis detalhadas no contrato. Se Bartomeu quiser mesmo tirar o brasileiro de Anfield, ele não terá escolha senão superar esse valor pago aos alemães do Borussia de Dortmund, por Dembelé. Da Inglaterra, eles argumentam que o brasileiro tem muito mais nome do que o francês Dembélé e que, além disso, ele pode desempenhar mais funções em campo, sendo mais versátil do que o francês, na opinião do Liverpool.