O Palmeiras começou a temporada 2018 literalmente voando. Já são quatro vitórias em quatro jogos pelo Campeonato Paulista. Na temporada, três torneios importantes ainda vão começar: Copa Libertadores da América, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

A diretoria ressaltou ainda no fim da temporada passada que não pretende mais priorizar torneio algum. Ou seja, todos os campeonatos serão disputados com força máxima e a mesma seriedade.

Publicidade
Publicidade

O Paulistão não vem para Palestra Itália desde 2008 quando o técnico ainda era Vanderlei Luxemburgo. Na época, Valdívia fez ano impecável e ajudou a garantir o último estadual palestrino. De lá para cá Santos, Corinthians e Ituano compartilharam as taças.

Com diversos reforços à disposição, o técnico Roger Machado entende que alguns atletas merecem atenção especial. Um dos jogadores que Machado fala é Miguel Borja.

Publicidade

O jogador colombiano tem bons números: tem cinco finalizações, uma à menos que Dudu. Com nova postura pedida pelo técnico, Borja também volta para marcar e desarma muito. Só perde para Felipe Melo, volante que tem essa função específica.

Borja não tem conseguido marcar. Órgãos de imprensa e comentaristas criticam o jogador ao fim de cada partida, influenciando ainda mais na opinião de vários torcedores, que inflamam as críticas via redes sociais.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

O colombiano está brigando em campo, mas não está conseguindo êxito na sua principal função.

Visando evitar que o jogador seja queimado, a diretoria do Palmeiras adotou a postura de blindá-lo. Roger Machado deve escalá-lo como titular nas próximas partidas e tentará fazer com que ele consiga marcar gols e fazer papel de centroavante. A principal justificativa interna para a fase do jogador é que Cuca, ex-técnico do clube, escalava errado e tentava fazer com que Borja fosse o substituto de Gabriel Jesus, atualmente no Manchester City.

O meio-campo palmeirense cria bastante, principalmente após a chegada de Lucas Lima. A esperança é que com Gustavo Scarpa no time as coisas sejam ainda melhores para Borja. O jogador custou R$ 35 milhões e o Verdão não quer desperdiçar tal recurso.

No próximo domingo, Palmeiras e Santos se enfrentam pela quinta rodada do Campeonato Paulista. O jogo será no Allianz Parque e mais de 28 mil ingressos já foram vendidos de forma antecipada.

Publicidade

O Verdão é o clube que mais conseguiu receita advinda de bilheteria no Brasil, seguido pelo Cruzeiro, atual Campeão da Copa do Brasil.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo