O Real Madrid vai fazer uma 'revolução' no próximo mercado de transferências. Depois de uma temporada em que tudo está correndo mal, Florentino Pérez sabe que precisa mexer e muito no seu time para o tornar competitivo novamente. As mudanças prometem ser muitas e dinheiro também não está faltando em Madri. São 500 milhões de euros (quase 2 bilhões de reais), que Florentino Pérez está disposto para investir e fazer do Real o maior time da Europa [VIDEO], novamente.

O presidente do Real Madrid está mais do que irritado com a temporada que seu time está fazendo. Por isso, ele não tem dúvidas que vão ter que rolar cabeças. Vários pesos pesados ​​do atual time vão sair, e para o seu lugar, vão entrar novos craques, igualmente de alto nível.

Depois de várias janelas sem fazer uma grande contratação, o Real Madrid está indo bem financeiramente para se permitir a uma grande loucura agora. Florentino Pérez fez as contas e o presidente espera fechar pelo menos quatro contratações galácticas para a próxima campanha.

O objetivo número um é, sem dúvidas, Neymar. Florentino acredita que o brasileiro deixaria o PSG pelo mesmo montante pelo qual ele chegou em Paris: 222 milhões de euros. Resta saber se os franceses, que também estão indo muito bem financeiramente, vão ou não aceitar ceder sua maior estrela assim tão facilmente. Porém, essa será uma negociação prolongada. Florentino já estaria em conversações com o pai de Neymar a algum tempo e terá, certamente, razões para as suas convicções e suas reais chances de conseguir vestir Neymar de branco.

Para o Barcelona, essa seria, certamente, a maior facada que poderia receber.

A outra grande prioridade está no gol. A situação de David de Gea vem sendo adiada, mas o presidente estaria agora disposto a pagar cerca de 80 milhões de euros (314 milhões de reais) pelo goleiro espanhol do Manchester United.

Para o ataque, Florentino está disposto a gastar mais ainda. Ele já teria reservado 100 milhões de euros (392 milhões de reais), para um dos melhores atacantes da Europa. As dúvidas recaem entre duas das estrelas do momento: Harry Kane, do Tottenham, ou Mauro Icardi, da Inter de Milão.

Finalmente, Florentino Pérez também quer reforçar um pouco o meio-campo, e Dele Alli, também do Tottenham, é o nome que ele mais gosta, e poderia custar até 70 milhões (275 milhões de reais).

No total, são cerca de 500 milhões que o Real Madrid estaria disposto a investir, para fazer do Real Madrid uma equipe novamente temível na Europa. No entanto, para todas essas entradas, outros nomes teriam que sair, e alguns deles, poderiam ainda render muitos milhões. Casos de Bale, Benzema ou até mesmo Cristiano Ronaldo [VIDEO] podem fazer o caminho inverso de todos estes craques.