Dominada pelo Real Madrid [VIDEO], a Seleção da Uefa de 2017 foi escalada sem o protagonista brasileiro, Neymar. Divulgada na manhã desta quinta-feira (11), a equipe eleita pela entidade tem apenas dois brasileiros: os laterais Daniel Alves e Marcelo. Por outro lado, cinco jogadores são do campeão mundial e europeu, o poderoso Real Madrid. Enquanto isso, apenas um jogador é do seu arquirrival, o Barcelona: Lionel Messi. Para chegar a sua seleção, escalada no esquema 4-4-2, a entidade contou com 8,8 milhões de votos que vieram de variadas partes do mundo.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Neymar

No ano passado, Neymar também ficou fora da Seleção da Uefa. Tanto em 2016 quanto em 2017, a dupla de ataque foi formada por Cristiano Ronaldo e Messi. Em 2015, quando foram escalados três atacantes, Neymar apareceu na seleção ao lado, é claro, do argentino e do português.

Aliás, foi esse o único ano que o jogador brasileiro apareceu na equipe da Uefa.

Outros brasileiros concorreram

Para chegar aos 11 ideais da Europa, a Uefa listou 50 concorrentes às vagas. Seis brasileiros faziam parte dessa primeira lista. Além de Marcelo, Daniel Alves e Neymar estavam nessa relação. Alex Sandro (Juventus), Casemiro (Real Madrid) e Fabinho (Monaco) também eram opções. Apesar de serem considerados há anos os melhores do mundo, Cristiano Ronaldo e Messi não foram os que receberam mais votos no site da Uefa. Os dois mais votados foram companheiros do jogador português no Real: Sérgio Ramos, que recebeu 73,7% dos votos, e Marcelo, que contou com 70%.

A equipe escolhida

Além da equipe madrilenha, o único time que teve mais de um jogador na seleção foi a Juventus, da Itália.

Para a torcida do Barcelona, além da presença de Messi, resta a esperança de que, com Philippe Coutinho na equipe [VIDEO], o time ganhe mais espaço entre os selecionados. A formação final da seleção da Uefa ficou assim: Buffon (Juventus); Daniel Alves (Paris Saint Germain), Sérgio Ramos (Real Madrid), Chiellini (Juventus) e Marcelo (Real Madrid); De Bruyne (Manchester City), Kross (Real Madrid), Modric (Real Madrid) e Hazard (Chelsea); Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e Messi (Barcelona).

Em relação a seleção eleita no ano anterior, a atual equipe da Uefa repete cinco jogadores. Desses cinco, quatro pertencem ao time madrilenho: Sérgio Ramos, Modric, Kroos e Cristiano Ronaldo. O outro repetido é Messi. Desses jogadores, Sérgio Ramos, Cristiano Ronaldo e Messi são presenças carimbadas na seleção desde 2015. Em 2014, apenas dois deles fizeram parte da seleção: Sérgio Ramos e Cristiano Ronaldo.

Os brasileiros

Ao lado da seleção de 2015, a atual equipe da Uefa é a que teve maior participação de brasileiros desde 2011. Em 2015, como na atual seleção, foram dois representantes do Brasil: os atuais companheiros de Paris Saint-Germain, que na época eram colegas de Barcelona, Daniel Alves e Neymar. Já em 2011 foram três brasileiros, contando Daniel Alves, Marcelo e Thiago Silva.