#Reinaldo Rueda pode estar de saída do #Flamengo, ao menos é o que tudo indica até o presente momento, de acordo com o jornal chileno “La Tercera”. A busca por um técnico experiente para a #Seleção Chilena, para um início de preparação para as próximas eliminatórias, é considerada essencial, e Rueda está no radar há algum tempo. A situação no Flamengo é um tanto quanto complicada, devido às várias competições que novamente o clube terá pela frente. O desejo incondicional pela busca da Libertadores, além do suporte que a torcida oferece, pode fazer com que Rueda mude de planos.

Temporada 2018

O time do Flamengo [VIDEO] principal se reapresenta no dia 14, enquanto jogadores que foram emprestados a outros clubes, como Jonas e Ronaldo, além de jogadores do sub-23, se reapresentam nessa quinta, dia 4.

Rueda na temporada 2017

O técnico, já adaptado, fez um trabalho bom em 2017. Entretanto, o ano sem títulos aumenta um pouco mais a pressão por melhores resultados. Rueda entende que a torcida precisa de uma alegria e não se contenta com campeonatos cariocas que estão cansados de ganhar.

Para o ano de 2018, Rueda, caso continue, terá um trabalho de aprimoramento físico e emocional de seus jogadores para que, enfim, títulos possam acontecer com maior frequência. As lesões, no entanto, atrapalharam bastante o esquema proporcionado de Rueda [VIDEO]. As desconfianças com certos jogadores também, como foi o caso de Alex Muralha, sendo culpado nos pênaltis contra o Cruzeiro, na final da Copa do Brasil.

Vale lembrar que o "mau momento" passa por jogadores como Éverton Ribeiro e Diego, que vieram como estrelas, mas, no atual momento, não demonstraram para que vieram.

O clube sofreu diretamente na reta final com Guerrero, punido pela FIFA desde então pelo caso de doping (a pena foi reduzida recentemente para 6 meses); ainda que Lucas Paquetá desse conta do recado nos últimos jogos da temporada, sendo melhor jogador do time, por exemplo contra o Independiente da Argentina, clube que foi campeão da Copa Sulamericana.

O desejo de comandar uma seleção

Rueda sempre deixou claro o desejo de comandar uma seleção. O medo de dirigentes do Flamengo passa por essa vontade do treinador. Pegar uma seleção desacreditada como a do Chile é um dos fatores que motivam o técnico do clube carioca, além de pegar no início de sua preparação. Os times competitivos de Rueda, como foi o caso do Atlético Nacional e do Flamengo, poderão ser uma das vantagens que ele teria em mãos, mas abandonar um trabalho a longo prazo, como foram os clubes por onde ele passou, seria um tanto quanto complicado.