Em uma rodada em que apenas os visitantes se deram bem, 7.500 torcedores foram assistir a primeira partida de Jair Ventura [VIDEO] na Vila Belmiro dirigindo o time do #Santos nesta segunda-feira (22), pela segunda rodada do Campeonato Paulista. No entanto, em uma noite em que deu tudo errado, com direito a gol mal anulado e pênalti desperdiçado nos acréscimos, o Peixe acabou batido pelo Bragantino pelo placar de 1 a 0. Com isso, a segunda rodada do estadual termina sem nenhum time mandante ter vencido uma partida.

O Santos no começo do jogo até teve mais posse de bola e, assim como foi diante do Linense, buscou explorar as bolas alçadas na área.

Porém, a primeira grande chance foi em uma bola pelo chão, quando aos 20 minutos, Romário lançou Arthur Gomes pela esquerda da área do Bragantino. O jovem atacante bateu rasteiro, mas Alex Alves esticou a perna e fez a defesa.

Outro lance de perigo do ataque santista saiu aos 44 minutos da primeira etapa, quando Vecchio lançou para Rodrigão, que se projetou da direita para o meio da área. O centroavante subiu mais que Gerley, cabeceou firme e Alex Alves praticou ótima defesa.

No segundo tempo quem começou assustando foi o Bragantino, que logo no minuto inicial criou boa oportunidade com Léo Jaime [VIDEO], que após dar um drible em Romário pela direita, fez o cruzamento que foi na direção do gol. Vanderlei se esticou todo, mas não alcançou e a bola passou muito perto.

No minuto seguinte o Santos teve um gol legítimo anulado.

Após Rodrigão não conseguir fazer o domínio, a bola sobrou para Arthur Gomes, que bateu no canto esquerdo de Alex Alves, mas a arbitragem parou o jogo assinalando impedimento. No entanto, o juiz errou, uma vez que Arthur estava atrás da zaga na hora do passe.

O Santos seguiu todo o segundo tempo pressionando, mas quem acabou marcando foi o time do Bragantino. Aos 36 minutos, Jean Mota tentou afastar a bola de cabeça, mas mandou ela para Gerley, que arriscou um chute de primeira, explodindo na trave. No rebote, Guilherme Mattis só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes de Vanderlei e anotar o único gol da partida.

Aos 49 minutos o Peixe teve ainda uma ótima oportunidade para empatar quando, em uma dividida entre Alex Alves e Vecchio dentro da área do Bragantino, a arbitragem marcou pênalti. Rodrigão chutou no meio do gol e o goleiro do Massa Bruta defendeu, garantindo a vitória do time visitante.

Com o resultado, o Bragantino é, ao lado do Palmeiras, o único time com 100% de aproveitamento dentro da competição, liderando o grupo A com seis pontos.

O time volta a jogar na próxima quinta-feira (25), quando recebe o São Bento, em Bragança Paulista. Já o Santos, mesmo com a derrota, segue líder do grupo D com três pontos e também na quinta irá até Campinas encarar a Ponte Preta.

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, David e Romário (Eduardo Sasha); Alison, Renato (Jean Mota) e Vecchio; Copete, Rodrigão e Arthur Gomes (Rodrygo). Técnico Jair Ventura.

Bragantino: Alex Alves; Ewerton, Lázaro, Guilherme Mattis e Fabiano (Diego Macedo); Adenilson, Evandro e Vitinho e Gerley (William Schuster); Léo Jaime (Bruno Sávio) e Matheus Peixoto. Técnico: Marcelo Veiga. #Paulistão #PaixãoPorFutebol