São Paulo e #sport tentam entrar em consenso para que o clube paulista consiga #Diego Souza. O entrave, no momento, é sua valorização do clube pernambucano, que mostra indisposto a sua negociação na atual realidade. O valor de 10 milhões pedidos pelo Sport é um valor alto, por isso, o clube paulista busca maneiras para que seja diminuída essa oferta. Uma das cartadas do São Paulo é cobrar a dívida que o clube pernambucano possui com a compra dos direitos de Rogério, cerca de 2 milhões.

O desejo de contar com Diego Souza se deve a vários fatores considerados como essenciais para a sua carreira: uma possível convocação às vésperas da lista final para a Copa do Mundo e a mudança de ares se torna primordial para elevar ainda mais seu status no mundo do futebol.

Tite

O técnico Tite compreende que Diego Souza é importante para seu esquema, pois aumenta sua participação em todas as situações retratadas de jogo, além de ser um cara brigador em campo e principalmente decisivo na maioria dos jogos. O interesse aumenta ainda mais devido às poucas opções brasileiras no mercado com a mesma função desempenhada até então pelo jogador no Sport.

Diego Souza no Sport em 2017

O jogador viveu entre “tapas e beijos” com a torcida durante todo ano e foi importantíssimo para a conquista do 41.º campeonato pernambucano. O maior problema vivido pelo atleta foi os seus deslizes temperamentais, que contribuíram para o mau futebol aplicado no período em que o Sport [VIDEO] ficou sem ganhar um jogo no Brasileirão.

A torcida, por sua vez, apoiou quando foi necessário, porém não tolerou algumas atitudes do seu ídolo, chegando a vaiá-lo algumas vezes pela desgastante temporada que o Sport passou.

Diego termina o ano com 21 gols em 55 jogos disputados.

Problemas financeiros do São Paulo

O quesito contratações pelo lado do São Paulo ainda é um grande problema, devido à falta de dinheiro em caixa para poder suprir grandes ofertas no mercado do futebol. Diego Souza se torna, desde então, fundamental para que 2018 se torne um pouco melhor do que foi o fiasco do time nas principais competições que disputadas em 2017.

Um dos maiores medos é a valorização dos garotos de base, a possível venda de Lucas Pratto para o River Plate da Argentina e a venda já concretizada de Buffarini [VIDEO] para o Boca Juniors, também da Argentina. A garimpagem com pouco dinheiro em caixa se torna fundamental e, além de Diego Souza, o São Paulo busca outras opções que favoreçam o esquema utilizado por Dorival Júnior, técnico do clube paulista, além de tentar segurar Hernanes [VIDEO], um dos principais jogadores do ano de 2017. #São Paulo FC