O Palmeiras é o clube mais rico da América do Sul e acabou de perder um dos seus mais importantes jogadores. Foi o zagueiro colombiano Yerry Mina, que se destacou muito no clube, aonde chegou em 2016 com uma cláusula no contrato em que dizia que, após julho de 2018, o Barcelona poderia exercer o direito de compra do atleta.

O diretor de Futebol do Verdão, Alexandre Mattos, foi até a Espanha para modificar o contrato e conseguiu mudar a cláusula de julho para o atleta ir ao Barcelona somente depois da Copa do Mundo.

Publicidade
Publicidade

No entanto, a proposta não foi aceita pelos catalães.

Mattos fez, de longe, o seu melhor negócio pelo Palmeiras quando foi buscar o defensor Yerry Mina no clube Santa Fé, da Colômbia, até porque o atleta foi pedido pelo Barcelona já em janeiro. O Verdão não queria perder o atleta, mas o lado positivo de tudo isso foi que o Barça ofereceu R$ 45 milhões para ter o jogador logo.

Proposta aceita

A diretoria do clube já iria perder o atleta de qualquer jeito no meio da temporada e teria que se readaptar sem na metade de diversas competições.

Publicidade

Por esse fato, o diretor de futebol Alexandre Mattos viu como um ótimo negócio ganhar R$ 45 milhões e dar o atleta ao início desta temporada.

Agora, o Palmeiras terá que procurar um reforço à altura de Yerry Mina, pois o papel do colombiano na equipe é superimportante. Tanto que quando o atleta ficou lesionado, sentiu-se muito a sua falta e um substituto à altura não foi encontrado pelo técnico Alberto Valentim dentro do elenco alviverde.

O Verdão terá que buscar no mercado da bola um zagueiro que tenha uma boa altura e também seja goleador.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

Por isso, o diretor de futebol Alexandre Mattos já escolheu o Felipe Aguilar, também colombiano, para substituir o grande zagueiro em 2018. O atleta deve ser contratado e anunciado em breve pela diretoria do Alviverde da capital paulista. Atualmente, o atleta atua pelo Nacional de Medellín, da Colômbia.

Altura e idade

O jogador tem 1,90m e irá fazer 25 anos no dia 20 de janeiro. Ele seria uma boa aposta para reforçar o Verdão, já que o atleta jogou em 2016 com Alejandro Guerra e Miguel Borja como titular no Nacional de Medellín, assim tendo um forte entrosamento.

O atleta também já atuou três vezes pela Seleção Colombiana. Na primeira consulta, o Nacional pediu 6 milhões de dólares (19,4 milhões de reais) por 80% dos direitos econômicos do jogador. O zagueiro tem contrato até dezembro de 2020 com o clube colombiano.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo