O clima esquentou de vez no #Fluminense. Na noite desta terça-feira (30), alguns torcedores invadiram a reunião do Conselho Deliberativo do clube nas Laranjeiras para protestar de forma veemente contra os últimos acontecimentos ligados ao futebol profissional. Irados, eles entoavam o hino da agremiação, cânticos típicos de dias de jogos e exigiam as saídas do presidente do clube, Pedro Abad e da Flusócio, principal grupo de apoio do mandatário.

Segundo números extra-oficiais, cerca de 200 tricolores conseguiram furar o bloqueio dos seguranças e entraram na galeria do Salão Nobre.

As oito dispensas no final do ano passado, dentre elas a do goleiro Diego Cavalieri (ainda em clube) e a do zagueiro Henrique, que acertou com o Corinthians, a ida de Gustavo Scarpa para o Palmeiras sem o Fluminense [VIDEO] receber um centavo sequer, a quase certa transferência de Henrique Dourado ao Flamengo e outras negociações fracassadas, além do péssimo rendimento da equipe dirigida por Abel Braga desde 2017, serviram como justificativa para a organização do protesto.

Visivelmente abalado, o presidente Pedro Abad [VIDEO], que estava presente, acabou se retirando da sessão na qual acontecerá as homologações de Miguel Pachá como vice-presidente jurídico e de Fabiano Camargo como vice de futebol, além de definir o novo presidente do Conselho Deliberativo.

Robinho é desfalque, mas Ibañez deve estar em campo pela Copa do Brasil

Tentando se manter alheia aos bastidores, a delegação do Fluminense chegou a Poços de Caldas, interior do estado de Minas Gerais, para o compromisso de quarta, às 19h30 (de Brasília), diante da Caldense, válido pela abertura da Copa do Brasil.

A escalação não foi definido. A única certeza é a ausência de Robinho. O atacante sofreu uma entorse na vitória de 2 a 1 sobre o Madureira no último domingo e ficou no Rio. O euqatoriano Sornoza, que cumpriu suspensão no final de semana, entra em seu lugar.

Já o zagueiro Ibañez, que também se lesionou no mesmo jogo do Campeonato Carioca, está com o elenco e tem grandes chances de iniciar como titular ao lado de Gum e Renato Chaves. Caso ele não possa atuar, Frazan completará o sistema defensivo.

Com uma dúvida, o Fluminense, que, por estar em melhor colocação no Ranking Nacional de Clubes, necessita apenas de um empate para avançar na Copa do Brasil, inicia o duelo contra a Caldense tendo Júlio César; Gum, Ibañez (Frazan) e Renato Chaves; Gilberto, Jádson, Richard, Sornoza e Ayrton Lucas; Marcos Júnior e Pedro. #FutebolBrasileiro #PaixãoPorFutebol