O Palmeiras é o clube mais bem estruturado financeiramente do Brasil e, ao lado de Flamengo e Cruzeiro, é o clube que mais contratou para a temporada de 2018. Além de ter contratado mais, o Verdão também contratou melhor. O meia Lucas Lima, ex-Santos, foi o grande garçom da Copa Libertadores da América. O lateral Diogo Barbosa, ex-Cruzeiro, e Marcos Rocha, ex-Atlético Mineiro, são considerados os melhores laterais do Brasil em atividade. Barbosa foi um dos grandes destaques da campanha do título da Copa do Brasil pelo time mineiro.

O técnico Roger Machado tem um grande elenco nas mãos. Além dos reforços citados acima, Victor Luiz está de volta após temporada no Botafogo-RJ, Weverton, goleiro do Atlético Paranaense, veio para ajudar na meta, e Emerson Santos, zagueiro que defendeu o Botafogo-RJ, chega para suprir a falta do colombiano Yerry Mina.

Nesta sexta-feira, Machado terá a oportunidade de armar o time titular pela primeira vez em jogo treino na Academia de Futebol contra o Atibaia, clube do interior de São Paulo.

Especulações e repórter desmentido

Alguns nomes ainda são especulados no Palmeiras. Mesmo reforçando que o elenco está fechado para a temporada, Alexandre Mattos, executivo de futebol, está de olho no Mercado da bola. Ricardo Goulart, do Evergrande, da China, ainda é uma possibilidade real. Os empresários do atleta tentam liberação amigável, mas as tratativas ainda são difíceis. O jogador já declarou que deseja retornar para o Brasil. Agora é esperar a liberação dos dirigentes chineses.

De acordo com o portal Fox Sports, o Palmeiras negou negociação com Dorlan Pábon, do Monterrey-MEX. Pábon teve passagem relâmpago [VIDEO]pelo São Paulo e não conseguiu mostrar um bom futebol.

Nas redes sociais, palmeirenses ficaram nervosos com a possibilidade do clube conversar para ter o jogador. O repórter da TV paga, Sérgio Treviño, soltou a informação de um possível negócio em suas redes sociais.

Outros jornalistas estão pesquisando informações sobre a busca palmeirense por um novo zagueiro. Mattos entende [VIDEO] que o elenco precisa de mais um defensor e reafirmou que não terá pressa para buscar. A diretoria quer negociar por valores menores, já que a entrada do Palmeiras em qualquer negócio faz o valor aumentar. O meia Diego Souza, agora reforço do São Paulo, teve seu nome especulado no Verdão no meio do ano passado. As cifras pedidas pelo Sport superavam R$ 30 milhões. O São Paulo desembolsou R$ 10 milhões pelo atacante.