O Palmeiras segue treinando pesado para iniciar a temporada 2018. Daqui a pouco mais de uma semana, o time do técnico Roger Machado fará sua estreia no Campeonato Paulista contra o Santo André no Allianz Parque. O primeiro confronto do ano será na frente da torcida palmeirense, que já pode, inclusive, comprar ingressos para o grande duelo.

Vai ser o primeiro contato dos torcedores alviverdes com o remodelado time palmeirense. As mudanças já começam no banco de reservas, já que Roger Machado chegou para o lugar de Alberto Valentim. Com experiência e rodagem no Mercado da bola, Roger montou o time do Grêmio que foi Campeão da Libertadores em 2017.

A expectativa é que ele consiga resultados parecidos comandando o time paulista.

Outra grande expectativa gerada pelos palmeirenses é Lucas Lima, meia que veio do Santos. A negociação não foi difícil de ser concluída, principalmente porque o time alvinegro passa por problemas de caixa. Lucas também não queria mais seguir na Vila Belmiro e nem ir para a China. Não teve propostas do mercado europeu e resolveu seguir no Brasil para tentar cavar uma vaga na seleção do técnico Tite, que disputará a Copa do Mundo na Rússia no meio do ano.

Negociação pode melar!

O zagueiro Yerry Mina tinha exames marcados no Barcelona nesta terça-feira, mas não viajou. A venda, que foi sacramentada [VIDEO] na semana passada, teve uma reviravolta. O Santa Fé, que é clube formador de Mina, tem direito a receber 1,8 milhões de euros.

O Barcelona entendeu que o valor já estava inserido no montante final que seria pago pelo zagueiro. O Palmeiras quer que o clube espanhol pague esse valor além do que pagará pela transferência.

Outro desacordo foi a forma de pagamento. Dirigentes do time catalão querem quitar em parcelas, enquanto a diretoria palmeirense quer o depósito à vista. Esse segundo ponto pode melar a ida de Mina para a Europa agora em janeiro. O Palmeiras garante que não tem pressão em negociar. A 'paz financeira' conquistada pelo clube permite negociar mais em cima desses pontos.

A vontade de Mina é jogar no Barcelona, mas não está descartada permanência no Brasil, até junho. Se isso acontecer, o clube deverá ter uma conversa com o jogador e seus empresários para evitar a falta de motivação.

Alexandre Mattos, executivo de Futebol, já está buscando um substituto para Mina e não revelou nomes. O zagueiro Anderson Martins, do Vasco, rescindiu contrato [VIDEO] com o clube carioca e deve jogar no futebol paulista. Seu futuro, no entanto, é incerto.