O Palmeiras viajou para Barranquila, na Colômbia, para a estreia na Copa Libertadores da América. Nesta quinta-feira, o time de Roger Machado encara o Júnior Barranquilla pela estreia da fase de grupos da competição sul-americana.

A derrota no clássico para o Corinthians por 2 a 0 ainda reflete no grupo. Em entrevista coletiva, o meia Moisés garantiu que os atletas estão 'mordidos' e que vão se dedicar '110%' para conseguir deixar o país vizinho com os primeiros três pontos na Copa.

Várias situações permearam o clássico. Primeiro foi a polêmica com a mãe do goleiro Jaílson, que foi assistir o jogo na torcida corintiana vestindo a camisa do clube.

A assessoria de imprensa negou que o goleiro receberia qualquer tipo de instrução. Nas redes sociais, parte dos palmeirenses criticaram bastante a postura da mãe do atleta e alguns mais exaltados pediram punição também para Jaílson.

Outro ponto foi a reportagem da Globo propriamente. Palmeirenses criticaram a emissora por conta da oportunidade de provocar o Alviverde com a matéria. Os torcedores também não perdoaram a Globosat por estampar a marca do canal SporTV/Premiere em bandeirão da torcida corintiana estendida na Arena de Itaquera, na Zona Leste de São Paulo.

Fim da linha para a Adidas

Em reunião na Academia de Futebol nesta terça-feira, a diretoria do Alviverde optou por não renovar o contrato com a Adidas. A fornecedora de material esportivo [VIDEO] tem contrato até final do ano e não vai continuar.

Momentos depois, o São Paulo anunciou a empresa alemã como fornecedora oficial. Ou seja, a Adidas aguardou o posicionamento palmeirense para definir a estratégia no Brasil.

Em paralelo, o Palmeiras está muito perto de anunciar a Puma como nova parceira. A empresa, que também é alemã, ofereceu algumas vantagens exclusivas e agradou bastante os dirigentes.

A Puma teria o Palmeiras como exclusividade. Ou seja, só forneceria para o Verdão, criando produtos mais 'premiuns [VIDEO]'. A ideia da empresa também é direcionar um departamento de marketing exclusivo para pensar nas coleções. Profissionais de ponta seriam contratados para cuidar de cada detalhe.

Outro atrativo é a questão do abastecimento. A Adidas sempre enfrentou problemas de estoque. Vários produtos ficavam em falta nas lojas oficiais da empresa e nas lojas oficiais do Palmeiras, a Academia Store. A Puma prometeu reforçar com bastante cuidado essa questão.