O Palmeiras viajou para Barranquila, na Colômbia, para a estreia na Copa Libertadores da América. Nesta quinta-feira, o time de Roger Machado encara o Júnior Barranquilla pela estreia da fase de grupos da competição sul-americana.

A derrota no clássico para o Corinthians por 2 a 0 ainda reflete no grupo. Em entrevista coletiva, o meia Moisés garantiu que os atletas estão 'mordidos' e que vão se dedicar '110%' para conseguir deixar o país vizinho com os primeiros três pontos na Copa.

Publicidade
Publicidade

Várias situações permearam o clássico. Primeiro foi a polêmica com a mãe do goleiro Jaílson, que foi assistir o jogo na torcida corintiana vestindo a camisa do clube. A assessoria de imprensa negou que o goleiro receberia qualquer tipo de instrução. Nas redes sociais, parte dos palmeirenses criticaram bastante a postura da mãe do atleta e alguns mais exaltados pediram punição também para Jaílson.

Outro ponto foi a reportagem da Globo propriamente.

Publicidade

Palmeirenses criticaram a emissora por conta da oportunidade de provocar o Alviverde com a matéria. Os torcedores também não perdoaram a Globosat por estampar a marca do canal SporTV/Premiere em bandeirão da torcida corintiana estendida na Arena de Itaquera, na Zona Leste de São Paulo.

Fim da linha para a Adidas

Em reunião na Academia de Futebol nesta terça-feira, a diretoria do Alviverde optou por não renovar o contrato com a Adidas. A fornecedora de material esportivo tem contrato até final do ano e não vai continuar.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Palmeiras

Momentos depois, o São Paulo anunciou a empresa alemã como fornecedora oficial. Ou seja, a Adidas aguardou o posicionamento palmeirense para definir a estratégia no Brasil.

Em paralelo, o Palmeiras está muito perto de anunciar a Puma como nova parceira. A empresa, que também é alemã, ofereceu algumas vantagens exclusivas e agradou bastante os dirigentes.

A Puma teria o Palmeiras como exclusividade. Ou seja, só forneceria para o Verdão, criando produtos mais 'premiuns'.

A ideia da empresa também é direcionar um departamento de marketing exclusivo para pensar nas coleções. Profissionais de ponta seriam contratados para cuidar de cada detalhe.

Outro atrativo é a questão do abastecimento. A Adidas sempre enfrentou problemas de estoque. Vários produtos ficavam em falta nas lojas oficiais da empresa e nas lojas oficiais do Palmeiras, a Academia Store. A Puma prometeu reforçar com bastante cuidado essa questão.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo