Antes dado como certo, inclusive com data marcada para a realização de exames médicos e assinatura de contrato, o acerto com o argentino Lucas Zelarayán [VIDEO] está cada vez mais longe do Santos, apesar da diretoria ainda acreditar em um desfecho positivo para o negócio. No entanto, de acordo com o publicado nesta sexta-feira (2), no portal Globo Esporte, o clube já passa a trabalhar com outras opções, inclusive sondando um jogador do rival.

Segundo a reportagem, o Peixe consultou o Corinthians sobre a situação de Marquinhos Gabriel e quis saber se havia possibilidade dele vir para o Santos por empréstimo. O texto diz ainda que as conversas ainda estão no começo, porém a chance do jogador ir para a Vila Belmiro por empréstimo é considerada muito pequena, sendo cogitada apenas uma venda.

Ele é reserva na equipe de Fábio Carille.

Marquinhos teve uma boa passagem pelo Santos em 2015, quando atuou pelo clube também por empréstimo. Na época, ele pertencia ao Al-Nassr, da Arábia Saudita. Em sua passagem pelo time do litoral, o meia atuou em 44 partidas e anotou nove gols. Pelo Corinthians, são 80 jogos e 11 gols marcados.

O Santos volta a campo neste domingo (4), quando encara o Palmeiras [VIDEO] pela quinta rodada do Campeonato Paulista. O duelo está marcado para às 17 horas, no Allianz Parque, em São Paulo. O Peixe lidera o grupo D com sete pontos ganhos.

Não tem contrato

Na manhã desta sexta-feira (2), foi noticiado que a diretoria do Santos estaria insatisfeita com o trabalho do diretor executivo Gustavo Vieira de Oliveira, cogitando até mesmo sua demissão. No entanto, mais tarde saiu a informação que ele não tem contrato formal com o clube, apesar de trabalhar lá normalmente, desde o final do ano passado e estar participando das negociações para tentar trazer o argentino Lucas Zelarayán.

A explicação para essa “informalidade”, é que o cargo de diretor executivo de futebol é recente no clube e ainda não faz parte do organograma. Para que isso ocorra, é necessário, dentre outras coisas, da aprovação do Comitê de Gestão e do Conselho Deliberativo. Apenas quando essa alteração estiver em vigor, é que ele poderá receber os salários, de forma retroativa.

E esses trâmites burocráticos podem custar caro do Peixe, uma vez que de acordo com o jornal O Lance!, o executivo está sendo sondado pelo Corinthians. As eleições no clube acontecem neste sábado e há dois candidatos que estão interessados em sua contratação.