Com a presença de mais de 12 mil torcedores, o Corinthians fez, na manhã desta sexta-feira (23), o último treino antes do duelo contra o Palmeiras, válido pela nona rodada do Campeonato Paulista, que será disputado neste sábado (24), às 17 horas, na Arena. Após as atividades, o técnico Fábio Carille [VIDEO]revelou a escalação que usará, tendo duas mudanças em relação ao time que vinha jogando.

A presença dos torcedores que lotaram o setor norte do estádio corintiano foi muito elogiada pelo treinador na entrevista coletiva, concedida após o fim das atividades. “É legal abrir um treino para alguém que muitas vezes não tem condição de comprar um ingresso”, disse Carille.

“Deixar cada vez mais o torcedor perto da gente”, seguiu o treinador, lembrando ainda de outros momentos de apoio dado pelo torcedor, como ocorreu em 2012, durante o Mundial da FIFA.

Dos últimos nove pontos disputados no Campeonato Paulista, o Corinthians fez apenas um, o que fez Carille ligar o sinal de alerta, ainda mais agora que terá dois clássicos pela frente, além da estreia na Copa Libertadores, fora de casa, entre eles. Assim, o treinador optou por fazer mudanças no time titular, sacando dois jogadores [VIDEO], que curiosamente foram contratados no início do ano.

Uma das mudanças feitas por Carille é na lateral esquerda. Juninho Capixaba deixou o jogo contra o Red Bull Brasil machucado e mesmo com ele recuperado para o clássico, o treinador manterá Maycon, que já havia o havia substituído no Campinas.

No ataque, Júnior Dutra dará lugar para Clayson.

Ficar mais com a bola foi a justificativa do treinador para as mudanças. “Minha ideia é ficar mais com a bola. Erramos muitos passes nos últimos jogos”, disse o técnico que também já definiu a escalação com a qual o time entrará em campo. A equipe jogará com Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Maycon na defesa, Gabriel, Renê Júnior, Jadson e Rodriguinho no meio de campo. Romero e Clayson completam os 11 iniciais. Assim, o esquema tático passará a ser o 4-4-2.

Assim como fez no final do confronto diante do time dos energéticos, Carille preferiu por defender seu lateral. “Temos que ter muita paciência com o Juninho. É nítido que ele sentiu. Vamos preservar”, disse. Ele lembrou ainda que o lateral Sidcley, que teve sua contratação oficializada nesta sexta, já havia sido procurado pelo clube no inicio do ano.

Mesmo com a sequência negativa, o Corinthians é líder do grupo A com 13 pontos ganhos, dois a mais que o Ituano e com três de frente para o Bragantino, o terceiro colocado.