O técnico Jair Ventura [VIDEO] venceu seu primeiro clássico paulista neste domingo (18), quando o Santos bateu o São Paulo por 1 a 0, no Estádio do Morumbi. O resultado deixou o Peixe em situação um pouco cômoda na tabela, na liderança isolada do grupo D com 14 pontos em oito partidas disputadas.

Na entrevista coletiva após o apito final, o treinador santista fez questão de elogiar um jogador em especial. “O Gabigol é um jogador diferenciado. Todo treinador do mundo quer um jogador diferente”, disse o treinador antes de afirma que “ele acaba salvando a vida do treinador”.

As palavras de Jair não são exageradas, uma vez que foi do camisa 10 o único gol da partida, disputada fora de casa.

O técnico, [VIDEO] no entanto, disse que o time não deve depender de apenas um jogador e que é preciso ter equilíbrio e acreditar no planejamento.

Sobre Dorival Junior, treinador são-paulino, ter dito que o resultado não foi justo, Jair preferiu não polemizar, se limitando a dizer que sua equipe anulou o adversário e que foi um confronto muito equilibrado. “Suportamos a pressão do São Paulo. Ficou evidente isso”, analisou.

Questionado se já dá para ver a cara de seu Santos, ele respondeu que ainda é muito cedo e que ainda “está trocando pneu com o carro andando”, em referencia às trocas que vem fazendo jogo a jogo, seja por suspensão, lesões ou até mesmo tática. Ele lembrou que ainda não conseguiu repetir uma dupla de zaga duas vezes. Ele destacou que em oito jogos do Campeonato Paulista já utilizou 26 jogadores, o que dá quase três times.

Uma das mudanças táticas feitas pelo treinador no clássico foi na lateral esquerda. Com Romário e Caju rendendo abaixo do esperado, ele decidiu improvisar Jean Mota no setor. “Quando o jogador é bom, temos de arranjar um espaço para ele no time”, elogiou Jair.

Essa improvisação, no entanto, pode estar com os duas contados, uma vez que a diretoria está acertando o empréstimo de Dodô junto à Sampdoria, porém o treinador preferiu não falar sobre esse assunto. “As contratações a gente trabalha sempre com sigilo. Não falei de nenhuma contratação”, disse. "Quando ele chegar eu dou os detalhes", completou.

O Peixe agora terá uma semana de descanso, voltando a jogar no próximo domingo (25), quando recebe o Santo André, às 19h30, na Vila Belmiro. Este será o último compromisso da equipe antes da estreia na Copa Libertadores da América, marcada para o dia 1º de março, fora de casa, contra o Real Garcilaso.