O primeiro time brasileiro a entrar em campo pela fase de grupos da Libertadores [VIDEO] de 2018 foi justamente o campeão da edição de 2017. Na terça-feira, o Grêmio esteve no Uruguai medindo forças contra o Defensor, pela abertura do Grupo A, e saiu com a sensação de que poderia ter conseguido algo além do 1x1.

Apesar do amplo domínio ao longo dos 90 minutos, o time dirigido por Renato Gaúcho não conseguiu converter a superioridade na posse de bola em chances claras de gol [VIDEO]. E só conseguiu inaugurar o placar aos 35 minutos do segundo tempo, com o capitão Maicon.

Quando a vitória magra parecia se aproximar, veio o castigo.

Aos 40 min, após um escanteio, o zagueiro Maulella deixou tudo igual e deu números finais à partida, para a bronca de Maicon na saída do campo.

"Hoje a gente sai com a sensação de derrota. Fizemos um gol e tomamos no final em uma jogada que a gente treina muito, não pode acontecer", disse à reportagem do SporTV na saída de campo.

Na outra partida do grupo, o Cerro Porteño fez 2x0 no Monagas, da Venezuela, fora de casa. O próximo jogo do Grêmio na Libertadores é apenas no dia 4 de abril, contra a equipe venezuelana, em jogo a ser disputado na Arena, em Porto Alegre. O compromisso mais imediato é o Gauchão e no domingo o tricolor visita o Juventude.