Definitivamente, a dança dos técnicos começou no Futebol brasileiro. Após Oswaldo de Oliveira ser demitido do Atlético Mineiro na sexta-feira (9), neste sábado, foi a vez de outro grande clube brasileiro decidir que era hora de trocar de comando. E desta vez, os motivos foram inteiramente técnicos, diferente da queda do ex-comandante do Galo, que se deu após uma discussão e toda a polêmica envolvendo o repórter Léo Gomide, da Rádio Inconfidência, de Minas Gerais.

Publicidade
Publicidade

O treinador demitido, ou pelo menos rebaixado de cargo, da vez é Felipe Conceição, demitido do Botafogo momentos depois da derrota por 3 a 1 para o Flamengo, em Volta Redonda, pelas semifinais da Taça Guanabara. O técnico já vinha sendo muito pressionado após a vexaminosa eliminação do alvinegro da Copa do Brasil no meio de semana para o pequeno e quase desconhecido Aparecidense, ainda pela primeira fase da competição.

A passagem de Conceição pelo Botafogo durou muito pouco, se resumindo a sete jogos, sendo seis pela Taça Guanabara e o fatídico jogo da Copa do Brasil.

Publicidade

Ele já era funcionário do clube e trabalhava como auxiliar-técnico quando foi alçado ao time principal após a saída de Jair Ventura, que se transferiu para o Santos. Na primeira fase da Taça Guanabara, o Botafogo acabou ficando com a segunda posição do grupo C, ficando atrás do Boavista.

O anúncio da saída do treinador do cargo foi feito em entrevista coletiva pelo gerente de futebol Anderson Barros, que garantiu que um novo treinador será anunciado na próxima semana.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

O dirigente também não descartou a permanência de Conceição no clube, mas desempenhando outras funções. “Felipe tem uma história dentro do clube. Infelizmente, as coisas não aconteceram. Vamos trabalhar para suprir esta necessidade”, disse.

O Botafogo terá alguns dias para achar um novo comandante, uma vez que agora só terá compromisso no dia 22, contra o Nova Iguaçu, já pela abertura da Taça Rio.

Oswaldo? Cuca?

Dois nomes que têm grande trajetória como técnicos do Botafogo estão livres no mercado.

O primeiro deles é Oswaldo de Oliveira, que acabou de sair do Atlético Mineiro. Ele passou pelo clube entre 2011 e 2013, levando o time a uma vaga na Copa Libertadores da América em 2014. Já outro nome, é o de Cuca, que a princípio recusou a proposta de dirigir o Galo justamente no lugar de Oswaldo. Ele passou pelo clube entre os anos de 2006 e 2008.

Vanderlei Luxemburgo, cujo último time foi o Sport Recife é outro treinador renomado que está no mercado.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo