O Campeonato Paraense está quente este ano, sendo esta uma das principais competições [VIDEO] no Pará e que vem atraindo um grande público. Geralmente é o Paysandu e o Remo que dominam o campeonato, mas este ano a disputa está bastante equilibrada. O estado do Pará foi o quarto a organizar um campeonato de Futebol e desde a estreia em 1908 até os dias atuais, foram muitas histórias de superação, muitos gols e lindas jogadas.

Hoje no Grupo A1, o Paysandu está em primeiro lugar com 13 pontos, seguido pelo Bragantino-PA que tem 12, Independente-PA com 12, Águia de Marabá com 4 e Cametá com 2. O Paysandu sabe que é preciso ficar atento ao Bragantino-PA, pois o time está indo muito bem este ano e perdeu apenas 1, dos últimos 5 jogos.

Na 6ª rodada, o Paysandu conseguiu vencer o Parauapebas por 2 a 1, em um jogo difícil, onde ficou claro que o time precisa melhorar muito para conseguir ficar com a taça. O Bragantino-PR, por sua vez, não teve muitas dificuldades em superar o Remo por 3 a 2, mas também teve suas falhas e o técnico terá que fazer algumas correções nos próximos jogos.

No Grupo A2, é o São Raimundo-PA quem está na liderança [VIDEO], com 10 pontos, enquanto o Remo vem logo atrás com 9. Castanhal tem 7, Paragominas 6 e Parauapebas 5. A derrota para o Bragantino-PR complicou a vida do Remo. O Tubarão conseguiu se impor diante do adversário e foi a 12 pontos no A1. O time do Leão mostrou muita desorganização em campo e no segundo tempo ficou ainda mais perdido, sem saber o que fazer para arrancar uma vitória. O jogo foi no estádio Diogão, em Bragança e quem fez os gols do Tubarão, foram: Pedro Henrique, Pecel e Kleber Queiroz, jogando com agilidade, organização e mostrando que não é à toa que o time desponta como um dos favoritos este ano.

O Leão alega que o péssimo desempenho foi devido à falta de vários titulares. O time só não passou vergonha porque Adenilson e Elielton marcaram, apesar da falta de sincronia entre os colegas. Quando começou o segundo tempo, o Remo deu sinais de que iria partir para cima do adversário e poderia até virar o placar, mas não foi isso que aconteceu. A tática do Bragantino praticamente sufocava as jogadas do time e não dava espaço para os ataques, por isso conseguiu o terceiro gol aos 19 minutos. O Leão apresentou uma leve reação, como a cabeçada no travessão, dada por Martony, mas quase sem chutar a gols, o time foi desanimando. Nos últimos minutos, o Remo quase empatou, mas o goleiro do Tubarão estava sempre muito bem posicionado e foi o grande destaque da partida.

O próximo jogo do Paysandu será no domingo (25), contra o Castanhal. O Remo joga na terça-feira (27), contra o Independente-PA.