O empate em 1 a 1, nesta segunda-feira (19), contra o Red Bull Brasil, em Campinas, pelo encerramento da oitava rodada do Campeonato Paulista, não apenas aumentou para três jogos o jejum de vitória do Corinthians [VIDEO]na competição, aumentando a pressão para o clássico do próximo sábado contra o Palmeiras, na Arena, como também pode ter provocado baixa para o derby e também para a estreia na Copa Libertadores da América.

Durante o jogo, realizado no Moisés Lucarelli, o lateral-esquerdo Juninho Capixaba – que já tinha falhado no lance do gol de empate adversário -, saiu de campo de maca após torcer o tornozelo. Ele será avaliado pelo departamento médico e ainda não sabe se estará em campo no sábado, para o clássico contra o maior rival.

Caso ele não possa atuar, Fábio Carille [VIDEO]já tem a solução: irá improvisar Maycon na posição. “Venho trabalhando o Maycon ali, jogou na base assim por um ano”, justificou o treinador corintiano. “Se Juninho não jogar contra o Palmeiras, deve jogar o Maycon”, completou.

Apesar do clube ter pago seis milhões de reais no lateral, Fábio Carille diz que o time ainda precisa contratar outro jogador para aquela posição, dando mostras de que pode não estar satisfeito com um dos reforços que chegou para a temporada. “E a gente precisa de um lateral-esquerdo também para a sequência do campeonato”, completou.

Outro jogador da posição, o jovem Guilherme Romão, acabou não sendo aprovado pela comissão técnica. Ele teve a chance de começar jogando a partida de estreia contra a Ponte Preta, mas acabou sendo expulso e não deve permanecer no elenco.

Outro setor que segue dando dor de cabeça para a comissão técnica é o ataque, apesar da chegada de Júnior Dutra, que por enquanto também não convenceu a comissão técnica e Kazin desde o ano passado já mostrou que não é o jogador que o time precisa. “Um 9 não contratou ainda. Não é que contratou e não deu certo”, disse, tentando tirar a pressão em cima do ex-jogador do Avaí.

Apesar da sequência negativa dentro do Campeonato Paulista, o Corinthians lidera com folga o grupo A com 13 pontos em oito jogos, tendo quatro pontos a mais que o Bragantino, o segundo colocado e cinco de frente para o Ituano, que tem um jogo a menos.

O Timão voltou aos treinos nesta terça já visando do clássico contra o Palmeiras, no próximo sábado (24), às 17 horas, na Arena. No outro final de semana, haverá outro clássico, contra o Santos no Pacaembu e entre esses dois duelos ainda tem a estreia na Copa Libertadores, quarta-feira (28), contra o Millonarios, na Colômbia.