Ao mesmo tempo em que busca nas categorias de base a solução para compor um elenco competitivo [VIDEO], uma vez que a escassez de recursos financeiros torna inviável grandes contratações, o Santos também busca se desfazer de jogadores que têm altos salários e que não estão nos planos do técnico Jair Ventura. No entanto, a tarefa de se livrar de alguns medalhões não tem sido nada fácil para a diretoria encabeçada pelo presidente José Carlos Peres.

Um dos casos mais emblemáticos é o de Leandro Donizete. O veterano volante de 35 anos tem um dos maiores salários do Peixe, recebe cerca de 300 mil reais mensais, mas entrou poucas vezes em campo e neste ano nem foi inscrito no Campeonato Paulista e na Copa Libertadores da América.

Sua última aparição em campo foi em setembro do ano passado, na fatídica eliminação para o Barcelona do Equador na Copa Libertadores da América e desde então ele segue apenas treinando no CT Rei Pelé. Seu contrato com o time paulista vai até 2019.

O empresário do jogador, Edson Khodor, afirmou que a vontade do volante é retornar ao clube mineiro. “Ele não quer ficar no Santos. Tem contrato até dezembro de 2019 e não vai ser aproveitado. A vontade dele é sair desde o ano passado”, disse.

Os dirigentes santistas tentam um acordo com o Atlético Mineiro, [VIDEO] porém a diretoria do Galo reluta em aceitar a oferta. A favor da volta do jogador para a Cidade do Galo está o atual prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, que ainda tem muita força nos bastidores do clube, porém a cúpula atleticana rejeita a contratação do jogador tanto por conta da idade, como também pelos altos salários do atleta.

Com a camisa atleticana o volante disputou 231 jogos e marcou quatro gols. O ponto alto da passagem do jogador por Belo Horizonte foi a conquista do título da Copa Libertadores da América em 2013. Já pelo Santos, o jogador fez apenas 18 partidas e não marcou nenhum gol.

Coxa quer o jogador

Se a volta para o Atlético não acontecer, o jogador poderá seguir o sentido contrário e ir para o sul, mais precisamente para o Coritiba, clube que defendeu entre 2008 e 2011. A diretoria do Coxa já demostrou interesse em contar com o volante para a Série B do Campeonato Brasileiro e agora tenta um acordo de empréstimo e também quer dividir o salário do atleta com o clube paulista.

No Coritiba, Leandro Donizete foi três vezes campeão paranaense e conquistou o título do Campeonato Brasileiro da Série B em 2010. Pelo clube ele fez 154 jogos e balançou as redes em três oportunidades.