A grande vitória por 2 a 0 no clássico do último sábado (24) diante do Palmeiras já é uma página virada na história do Corinthians, que, nesta quarta-feira (28), inicia a briga pelo seu segundo título da Copa Libertadores da América. O primeiro desafio do alvinegro será às 21h45 (de Brasília), no Estádio El Campín, em Bogotá, contra a equipe do Millonarios. E para esse primeiro duelo o técnico Fábio Carille já tem o time pronto e escalado.

Sem poder contar com Rodriguinho, que está suspenso devido a uma confusão no jogo contra o Racing, ainda pela Copa Sul-Americana do ano passado, o treinador escolheu Mateus Vital para ser seu substituto. Esta será a única mudança em relação ao time que entrou em campo e venceu o derby contra o rival.

“É a mesma característica do Rodriguinho, meia-atacante, com boa finalização, boa qualidade técnica”, disse o técnico Fábio Carille, em entrevista coletiva, justificando a razão pela qual escolheu o jogador que até o momento disputou apenas duas partidas com a camisa alvinegra.

Dessa forma, o Corinthians irá a campo para seu primeiro desafio na Copa Libertadores com Cássio no gol, a defesa formada por Fagner, Balbuena, Henrique e Maycon, Gabriel e Renê Júnior serão os volantes, com o meio de campo sendo completado por Romero, Jadson, Mateus Vital e Clayson.

O Corinthians está no grupo 7 da primeira fase e além dos colombianos ainda terá pela frente o Independiente, da Argentina, e Deportivo Lara, da Venezuela. O primeiro jogo em casa será contra o time venezuelano, no dia 14, na Arena.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Corinthians PaixãoPorFutebol

Ele será o 9

O Corinthians definiu a numeração para a fase de grupos da Copa Libertadores da América. Até então sem dono desde a saída de Clayton, que acabou devolvido ao Atlético Mineiro ainda durante o Campeonato Brasileiro do ano passado, a camisa 9 na competição continental será usada por Júnior Dutra, que na partida desta quarta-feira será opção no banco de reservas.

Diferente do Campeonato Paulista, onde a numeração é livre, na Libertadores as camisas vão do 1 ao 30 e por isso alguns jogadores irão aparecer com numeração diferente do que vinha atuando.

A camisa 7 que antes era usada por Jô, na Libertadores será vestida por Emerson Sheik. Na conquista do título em 2012 o jogador atuava com a 11. Já o goleiro Cássio seguirá usando a 12, enquanto que o goleiro Caíque França, será o número 1 e Valter usará a 27. O volante Ralf, que também esteve na conquista de 2012, irá vestir a de número 15.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo