A Copa Libertadores da América [VIDEO] começou agora em janeiro e já está na segunda fase da chamada pré-Libertadores. Nessa fase, dois brasileiros entraram em campo. Nessa quarta-feira à noite, 31 de janeiro, Vasco e Chapecoense enfrentaram seus primeiros adversários rumo a taça de campeão.

O Índio foi superado em plena Arena Condá

Campeão da Copa Sul-Americana de 2016, a Chapecoense chegou à Libertadores este ano após conseguir a última vaga no Brasileirão de 2017, quando ficou em 8º lugar, com 54 pontos, deixando de fora da competição continental times tradicionais, como Atlético-MG e São Paulo.

Na noite de estreia, com a Arena Condá em grande festa por parte dos torcedores, o time que chegou à competição pela segunda vez na história, mas não conseguiu retribuir o carinho do público.

O time foi superado pelo Nacional-URU por 1 a 0.

A Chape conseguiu jogar bem, se for levado em consideração o nível do adversário e o fato de estar no início da temporada, no qual os times ainda buscam o ritmo perfeito de jogo. O Verdão Condá conseguiu levar perigo ao gol adversário, inclusive com bola na trave aos 39 do segundo tempo após bom chute de primeira de Bruno Silva. Essa bola poderia ter trazido o empate, já que a essa altura o Nacional já havia inaugurado o placar com meia Santiago Romero.

A partida foi bem pegada, com muita disputa de bola e, consequentemente, muitas faltas. Toda a tensão em campo gerou três cartões vermelhos. O lateral direito Eduardo e o atacante Perotti, ambos que iniciaram no banco de reservas, foram expulsos, deixando a Chapecoense bem desfalcada. Espino recebeu dois cartões amarelos e foi expulso pelo lado do Nacional.

O jogo de volta no Uruguai será no dia 7 de fevereiro, às 21h45. A Chapecoense tem chances de virar e se classificar jogando fora de casa, mas não será tão fácil, pois o Nacional é um time acostumado a jogar Libertadores e deverá dificultar para os brasileiros.

Vasco não toma conhecimento do adversário e atropela fora de casa

O time carioca chegou ao Chile mostrando que não está de brincadeira nessa Libertadores. Apesar de jogar fora de seus domínios, o Vasco se sentiu à vontade e goleou o Unversidad de Concepción por 4 a 0.

O placar deixa o Vasco praticamente garantido para a próxima fase, pois o time pode perder por até 3 gols de diferença no jogo de volta que ainda assim se classifica. O técnico Zé Ricardo disse em entrevista após a partida que acreditava na vitória, mas esse placar elástico foi inesperado até para ele. O time do Chile teve muitas falhas, e o Vasco soube aproveitar e garantir a vitória de forma fácil.

Os heróis cruzmaltinos da noite que marcaram para o Vasco foram o meia Evander, que marcou duas vezes, o lateral direito Yago Pikachu e o atacante Rildo.

O próximo jogo será em São Januário, no dia 7 de fevereiro, às 21h45, assim como o time de Chapecó.

Outros brasileiros

Os demais times brasileiros estreiam diretamente na fase de grupos. Grêmio, pelo grupo 1, e Cruzeiro, pelo grupo 5, jogarão a primeira partida fora de casa no dia 27 de fevereiro. O Tricolor gaúcho enfrenta o Defensor, do Uruguai, enquanto a Raposa vai até a Argentina enfrentar o Racing

Flamengo e Corinthians jogam no dia seguinte, 28 de fevereiro. O time carioca estreia em casa pelo grupo 4, enfrentando o tradicional River Plate. O Timão [VIDEO], que está no grupo 7, joga fora de casa contra o Milionarios, da Colômbia.

Santos e Palmeiras fecham as estreias brasileiras. O Peixe vai até o Peru jogar contra o Real Garcilaso, pelo grupo 6. O Verdão ainda não tem o adversário definido, pois precisa esperar as disputas das fases iniciais para saber quem irá completar o grupo 8. Ambos os times paulistas jogam no dia 1º de março.