O Campeonato Brasileiro só começa em abril, porém o Corinthians já conquistou sua primeira [VIDEO] vitória na competição. Atual campeão, quando surpreendeu a todos no ano passado fazendo um primeiro turno quase impecável e conseguiu contornar bem as oscilações da segunda metade da competição, o Timão fez de sua arena uma de suas principais armas, tendo, inclusive, vencido os três clássicos que por lá jogou. É exatamente com relação ao seu estádio que vem a boa notícia.

O clube iria fazer seu primeiro jogo como mandante no próximo Brasileirão longe de sua casa. Isso em razão de sinalizadores usados pela torcida no jogo contra o Fluminense – aquele que sacramentou o título [VIDEO] -, em novembro passado.

Além da perda de um mando de campo, o alvinegro ainda tinha recebido uma multa no valor de 50 mil reais.

No entanto, nesta sexta-feira (2),em julgamento do Pleno do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), os advogados do Alvinegro conseguiram praticamente extinguir a punição. Além de recuperar o direito de jogar em seu campo, a multa foi reduzida para 10 mil reais. Segundo tabela extraoficial da primeira rodada divulgada nesta semana, o #Corinthians estreia no Brasileirão no dia 15 de abril, jogando fora de casa, contra o Atlético Paranaense.

Sem definição

Enquanto o Brasileirão não começa, o Corinthians segue o foco no Campeonato Paulista, onde também é o atual campeão. O próximo compromisso do Timão será neste domingo (4), quando atuará pela primeira vez fora da capital, jogando contra o Grêmio Novorizontino.

Para este duelo, segue a indefinição de quem será o atacante titular. A dúvida ainda fica por conta de quem começará jogando: Kazin ou Júnior Dutra.

O primeiro foi titular nas duas primeiras partidas do Paulistão, foi poupado na terceira e retornou no clássico diante do São Paulo, porém passou em branco em todos os jogos. Já Júnior Dutra foi titular no duelo contra a Ferroviária e entrou nos jogos contra São Caetano e São Paulo. Contra o Azulão, marcou um gol momentos depois de ter pisado no gramado.

Se for levar em conta os trabalhos aplicados pelo técnico Fábio Carille nesta sexta, a dúvida seguirá. O treinador fez apenas um trabalho específico de defesa e ataque e depois liberou os atletas para um rachão. Após o clássico contra o São Paulo, Carille revelou uma conversa que teve com Dutra na véspera, a qual o jogador havida dito que não teria condição de atuar os 90 minutos. Por isso, decidiu colocar Kazin nos 11 iniciais naquela partida. #Brasileirão 2018 #Futebol