O Campeonato Brasileiro só começa em abril, porém o Corinthians já conquistou sua primeira vitória na competição. Atual campeão, quando surpreendeu a todos no ano passado fazendo um primeiro turno quase impecável e conseguiu contornar bem as oscilações da segunda metade da competição, o Timão fez de sua arena uma de suas principais armas, tendo, inclusive, vencido os três clássicos que por lá jogou.

É exatamente com relação ao seu estádio que vem a boa notícia.

O clube iria fazer seu primeiro jogo como mandante no próximo Brasileirão longe de sua casa. Isso em razão de sinalizadores usados pela torcida no jogo contra o Fluminense – aquele que sacramentou o título -, em novembro passado. Além da perda de um mando de campo, o alvinegro ainda tinha recebido uma multa no valor de 50 mil reais.

No entanto, nesta sexta-feira (2),em julgamento do Pleno do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), os advogados do Alvinegro conseguiram praticamente extinguir a punição.

Além de recuperar o direito de jogar em seu campo, a multa foi reduzida para 10 mil reais. Segundo tabela extraoficial da primeira rodada divulgada nesta semana, o Corinthians estreia no Brasileirão no dia 15 de abril, jogando fora de casa, contra o Atlético Paranaense.

Sem definição

Enquanto o Brasileirão não começa, o Corinthians segue o foco no Campeonato Paulista, onde também é o atual campeão. O próximo compromisso do Timão será neste domingo (4), quando atuará pela primeira vez fora da capital, jogando contra o Grêmio Novorizontino.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Corinthians

Para este duelo, segue a indefinição de quem será o atacante titular. A dúvida ainda fica por conta de quem começará jogando: Kazin ou Júnior Dutra.

O primeiro foi titular nas duas primeiras partidas do Paulistão, foi poupado na terceira e retornou no clássico diante do São Paulo, porém passou em branco em todos os jogos. Já Júnior Dutra foi titular no duelo contra a Ferroviária e entrou nos jogos contra São Caetano e São Paulo.

Contra o Azulão, marcou um gol momentos depois de ter pisado no gramado.

Se for levar em conta os trabalhos aplicados pelo técnico Fábio Carille nesta sexta, a dúvida seguirá. O treinador fez apenas um trabalho específico de defesa e ataque e depois liberou os atletas para um rachão. Após o clássico contra o São Paulo, Carille revelou uma conversa que teve com Dutra na véspera, a qual o jogador havida dito que não teria condição de atuar os 90 minutos.

Por isso, decidiu colocar Kazin nos 11 iniciais naquela partida.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo