O empate sem gols contra a Ferroviária, neste domingo (25),em pleno estádio do Morumbi, fez o São Paulo chegar a terceira partida seguida sem vitória no Campeonato Paulista, [VIDEO] tendo conquistado apenas um ponto dos últimos nove disputados. O time só não perdeu a liderança da chave por conta da derrota da Ponte Preta diante do Mirassol, mas viu o São Caetano se aproximar, ficando apenas um ponto atrás, juntamente com a Macaca. Cada vez mais pressionado no cargo, o técnico Dorival Júnior falou sobre sua situação dentro do clube e ainda fez uma promessa.

“Eu sou o treinador do São Paulo”, cravou Dorival em resposta ao bombardeio de perguntas feitas pelos jornalistas na entrevista coletiva após a partida.

“Eu sou responsável pelo resultado e pelo momento. Estamos trabalhando muito para reverter esse quadro”, continuou Dorival, visivelmente incomodado com as especulações sobre sua demissão do clube.

E essa reversão tem que vir o quanto antes, uma vez que a torcida – que tanto apoiou o time nos momentos complicados vividos durante o Campeonato Brasileiro do ano passado – nitidamente perdeu a paciência e gritos de “burro” puderam ser ouvidos vindos das arquibancadas.

Dorival também reclamou que no Brasil o limite para um treinador é de apenas três meses e que há pessoas que sentem prazer em ver um profissional ser demitido. “Não estou chegando a limite nenhum. Temos muito a produzir”, prosseguiu. “A pressão é contínua. Parece prazeroso ver mudança de treinador no Brasil”, disparou.

Por fim, ele pediu paciência ao torcedor e ainda fez uma promessa.

“Tenho capacidade para fazer esse time chegar mais longe. Mas preciso de tempo de treinamento”, disse o técnico antes de fazer uma previsão: “vamos encontrar um caminho. Se deixarem o São Paulo chegar, o peso será outro”.

Uma nova reunião com a diretoria será feita nesta segunda-feira (26), quando será mais uma vez debatido o futuro do treinador no clube. O encontro terá a presença do presidente e Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, do executivo Raí, do coordenador Ricardo Rocha, além de Lugano, que ocupa o cargo de superintendente de relações institucionais.

Agenda

Pelo Campeonato Paulista o São Paulo volta a jogar apenas no outro final de semana, quando no próximo domingo (4), vai até o interior encarar o Linense. Antes, o time voltará suas atenções para a estreia na terceira fase da Copa do Brasil, a partir de agora disputada em dois jogos, quando jogará em Alagoas contra o CRB [VIDEO]pela partida de ida. A partir deste ano gol marcado fora de casa não conta mais como critério de desempate.