O ponta-atacante Emerson Sheik é um dos grandes ídolos da história do #Corinthians. O jogador foi fundamental na conquista do título da Copa Libertadores da América em 2012, sendo o atleta que fez os dois gols na vitória contra o Boca Juniors, da Argentina, na última partida da competição, garantindo o título inédito.

Depois disso, Sheik atuou pelo Flamengo e depois foi atuar na Ponte Preta, mas nunca deixou de ser ídolo no Timão. Até porque o jogador nunca deixará de ser ídolo, agora é ainda mais ao fechar com o clube para encerrar a carreira.

O atacante fechou com o clube alvinegro de Itaquera por seis meses, mas no contrato há uma cláusula em que se houver um bom rendimento, ele poderá renovar o contrato por mais um tempo com o Timão.

Camisa 47

O jogador voltou ao Timão e o grande dilema se tornou qual camisa que ele irá vestir, até porque a 11, utilizada por ele anteriormente, agora é o atacante paraguaio Romero que utiliza. Portanto, Emerson Sheik resolveu fazer uma homenagem a sua história com o Corinthians.

O jogador escolheu a camisa número 47, fazendo referência a data 4/7/2012, o dia em que foi conquistado a Copa Libertadores da América com dois gols feitos por ele. A atitude do jogador foi tratada como muito nobre, pois não teve o desejo de modificar a numeração da equipe pegando o número 11, pois, assim, o Romero teria que vestir outra numeração.

Objetivo de Sheik no Timão

O jogador quer se tornar ainda mais ídolo do clube, se tornando importante em mais uma conquista de Copa Libertadores da América. O atleta ainda não estreou e não sabe se será titular na campanha do Timão na competição.

Fato é que o Corinthians é um dos principais favoritos para ganhar a Libertadores neste ano. Na temporada passada conquistou o Campeonato Paulista e também o Campeonato Brasileiro, de forma isolada em cima do rival Palmeiras.

O atacante pode não ser o titular, mas pode ser peça importante entrando no segundo tempo e sendo decisivo, sendo utilizado, assim, como o Romarinho no ano de 2012, quando entrava na segunda etapa e geralmente conseguia resolver o jogo [VIDEO].

Sheik já tem 39 anos e é o jogador mais velho da história a atuar no Corinthians. Ele só foi contratado por causa de sua grande história junto ao clube e representando um grande gesto de gratidão da diretoria alvinegra com o jogador que já deu tantas alegrias aos corações alvinegros [VIDEO]. Portanto, o torcedor aguarda sua estreia do camisa 47. #Émerson Sheik