Eliminado da Taça Guanabara, o Fluminense só voltará a campo depois do Carnaval. Ao longo dessas quase duas semanas, o Tricolor terá dois importantes objetivos, um no campo e outro nas arquibancadas.

Dentro das quatro linhas, o técnico Abel Braga aproveitará essa intertemporada para aprimorar o novo sistema de jogo que implantou em 2018, além de tentar dar mais entrosamento ao time, principalmente nos novos contratados. A principal preocupação do comandante é em relação aos sistema ofensivo. Se a defesa, eterna preocupação mesmo durante as vitoriosas campanhas dos títulos brasileiros de 2010 e 2012, parece estar melhor colocada, o ataque tricolor tem se mostrado pouco eficiente nesse início de ano.

Em nove jogos, contando-se Florida Cup, Campeonato Carioca e Copa do Brasil, foram apenas sete gols, média de 1,75 por partida. Até o momento, Marcos Júnior é o artilheiro da equipe ao balançar as redes adversárias em duas ocasiões.

Fora dos gramados, a missão do Flu é bem mais árdua. Insatisfeita com os maus resultados nas competições, especialmente após o rompimento da parceira de quase vinte anos com a empresa médica Unimed, ocorrido no final de 2014, a torcida, antiga parceira, tem se mostrado mais distante a cada temporada. Para se ter uma ideia, nas cinco rodadas da fase de classificação da Taça Guanabara, a agremiação das Laranjeiras levou apenas 10.923 pagantes, ou seja, 2.184 por partida, quase metade da média apresentada pelo Botafogo (3.941).

No último sábado, em entrevista concedida após a vitória de 1 a 0 sobre o Macaé no estádio de Los Larios, em Xerém, distrito do Grande Rio, Abel chegou a fazer um apelo para que os torcedores não abandonem a equipe nesse momento turbulento por que o clube atravessa.

Depois de dois dias de folga, o Fluminense [VIDEO] se reapresentou nesta terça para um trabalho em período integral no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca. Pela manhã, a equipe do técnico Abel Braga disputou um jogo-treino e, com gol de Frazan, derrotou o Resende por 1 a 0. Na parte da tarde, o grupo deu ênfase à parte física. Acertado desde a semana passada, o lateral-direito Léo, quinto reforço contratado [VIDEO], assinou um contrato de empréstimo de um ano. A sua apresentação ocorre na manhã de quarta, nas Laranjeiras.

A princípio, o Tricolor “reestreia” no dia 21 de fevereiro, em Moça Bonita, contra o Bangu pela primeira rodada da Taça Rio, terceira fase do Carioca. Existe, contudo, a possibilidade de a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) marcar para a Quarta-Feira de Cinzas, dia 14 de fevereiro, o seu jogo diante do Salgueiro-PE pela segunda fase da Copa do Brasil. Essa partida ainda não tem local definido, mas ela será realizada no Rio de Janeiro.