O #Corinthians é um dos clubes brasileiros favoritos para ganhar a Copa Libertadores da América, até porque, mesmo com uma situação financeira muito boa, o time entra na competição com status de campeão estadual e nacional do ano anterior.

Na temporada de 2017, o Corinthians não tinha um elenco muito bom e acabou conseguindo fazer uma ótima campanha na estreia de Fábio Carille na função de treinador, tendo um primeiro ano fantástico como comandante da equipe.

O alvinegro de Itaquera conseguiu encaixar um futebol bom com um elenco humilde, mas para esta temporada perdeu três dos seus mais importantes atletas daquele elenco, estes foram o zagueiro Pablo, o lateral-esquerdo Guilherme Arana e o #Centroavante Jô.

Destes, só foi contratado um substituto para Arana, que foi o Juninho Capixaba, mas parece que a maior necessidade de Corinthians é de ter um centroavante para fazer mais gols, pois da posição o Timão só tem Kazim à disposição.

Novo centroavante?

O novo presidente do Corinthians foi eleito e é o Andrés Sanchez, que já foi gestor do clube em sua época mais vitoriosa e também é um dos culpados pela torcida alvinegra pela grande dívida que o clube tem por conta da construção da Arena de Itaquera.

Andrés está, junto com Fábio Carille, analisando as necessidades do elenco para executar contratações necessárias para reforçar o time, que deve ficar ainda mais forte para o prosseguimento da temporada.

O presidente do Corinthians afirmou que tem um grande desejo de trazer o jogador que já foi camisa nove da Seleção Brasileira e vem sendo convocado ultimamente, o centroavante Diego Tardelli, que é ídolo do Atlético Mineiro e também pode atuar como ponta-esquerda, direita ou ‘falso nove’.

O jogador é um dos grandes centroavantes brasileiros da atualidade e está jogando no continente chinês, mas o complicado é que muitos times desejam ter o centroavante para o prosseguimento desta temporada.

Camisa nove

Sim, se o jogador viesse, chegaria com um status gigantesco para dominar a camisa nove do alvinegro de Itaquera, contando com que o veterano seria um reforço galático para esta temporada, pois sempre foi autor de temporadas acima da média e cotado para a Seleção Brasileira [VIDEO].

O jogador pode voltar ao Brasil para ter a maior visibilidade do técnico Tite, até mesmo porque, mesmo sendo convocado no continente chinês, estar no jogando no Brasil é mais visível para o treinador [VIDEO].