Ao final do jogo da última segunda-feira (19), quando o Corinthians empatou em 1 a 1 com o Red Bull Brasil, em Campinas, pela oitava rodada do Campeonato Paulista, o técnico Fábio Carille disse que o Corinthians precisava de um jogador para atuar na lateral-esquerda [VIDEO]e servir como opção para Juninho Capixaba, que havia se machucado naquele duelo e chegou a ter sua presença no clássico de sábado (24), contra o Palmeiras, colocada em dúvida.

Os indícios de que o desejo do treinador seria atendido começaram na quarta-feira (21), quando foi divulgada a lista – ainda não fechada – dos jogadore [VIDEO]s que a comissão técnica irá inscrever para a fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Na relação, consta apenas três laterais, sendo que um esquerdo. A relação tem que ser entregue a Conmebol até o próximo domingo (25), e ainda faltavam dois nomes para completar a lista. Um deles estaria sendo reservado para esse possível reforço. Guilherme Romão, outro jogador da posição, não agradou a comissão técnica e teria perdido espaço, após ser expulso no jogo de estreia do Campeonato Paulista, quando o Timão foi derrotado pela Ponte Preta por 1 a 0, no Pacaembu.

Já nesta quinta-feira (22), surgiu a informação que a diretoria estaria, já há alguns dias, conversando com o Atlético Paranaense para trazer o jovem lateral Sidcley, de 24 anos. Os clubes estariam discutindo as questões financeiras e atletas que poderiam ser incluídos na negociação. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, o presidente Andrés Sanchez havia dito que um lateral estaria chegando, mas não revelou o nome e nem o clube de qual virá.

“Tem um lateral-esquerdo chegando, nos próximos dias. Ele é do Brasil, mas não é de São Paulo”, disse na ocasião.

Sidcley chegou ao Atlético Paranaense em 2013, vindo da Catanduvense. No começo, o jogador atuou pela equipe sub 23 do Furação, sendo alçado ao time principal somente no ano seguinte. Em 2017, foi o jogador que mais defendeu o Furacão e ainda anotou cinco gols no Campeonato Brasileiro.

Enquanto aguarda os desfechos das negociações, o Corinthians treina visando a sequência pesada que terá pela frente, começando com o clássico do próximo sábado (24), contra o Palmeiras, na Arena, pelo Campeonato Paulista. Na quarta-feira (28), o alvinegro jogará na Colômbia contra o Millonarios, pela estreia na Copa Libertadores da América, e, no domingo (4), terá outro clássico, desta vez contra o Santos, no estádio do Pacaembu.