O ex-treinador do Barcelona e o treinador português do Manchester United estão fixados no mesmo jogador que, curiosamente, está jogando em uma equipe que é bem conhecida dos dois. José Mourinho treinou o Real Madrid [VIDEO] e Pep Guardiola foi rival dos 'merengues' durante os anos que jogou e treinou na Espanha. Os dois treinadores também foram rivais quando estavam na Espanha e continuam sendo, agora, na Inglaterra, quando Guardiola lidera o Manchester City e Mourinho o outro time de Manchester, o United.

Agora, os dois estão dispostos a se enfrentarem para ganhar um proeminente jogador do Real Madrid, de Florentino Pérez.

Depois de se ter falado da possibilidade de Gareth Bale se juntar a Mourinho, no United, ou de Toni Kroos rumar ao City, de Guardiola, parece que os dois treinadores estão coincidindo por um mesmo craque do Real Madrid, que é nenhum outro do que Isco Alarcón.

O meia do Real Madrid não está atravessando seu melhor momento no Real Madrid [VIDEO], ultimamente. Ele tem sido muito criticado por suas exibições, mas também por sua conduta pessoal. Várias pessoas já acusaram o espanhol de não estar muito comprometido com a equipe, e muitos até pedem que Zidane não o coloque em campo, acreditando que o time vai melhor sem ele. E o treinador já foi levado por esta corrente de opinião em várias ocasiões. A qualidade do Futebol de Isco, no entanto, nunca passou despercebido para o Manchester City.

Aliás, os ingleses já estudavam a possibilidade de contratar Isco, quando ainda tinham Manuel Pellegrini de treinador.

O espanhol era um admirador do jovem Isco e pedia sua contratação, que acabou nunca acontecendo. Agora, com Guardiola, parece que o desejo pelo meia se intensificou mais ainda, sendo certo que o jogador teria que sair muito caro para qualquer time que o deseje incorporar.

Quem também não esquece do talento do meia criativo é José Mourinho, que conhece muito bem as qualidades do espanhol, que é um dos indiscutíveis de Julen Lopetegui, na seleção da Espanha, que parte entre as favoritas para conquistar a Copa do Mundo, na Rússia.

No entanto, as probabilidades para Florentino Pérez se sentar com representantes de qualquer um dos dois clubes de Manchester para negociar a partida de Isco, não seriam muito prováveis. O presidente do Real Madrid não teria muitas dúvidas que Zinedine Zidane não permanecerá no banco de Madri, na próxima temporada, e ele planeja realizar uma revolução na equipe, com várias entradas e saídas. Uma revolução que, em princípio, não vai envolver Isco, que ele espera que possa continuar no time espanhol por muitos anos.