Na última rodada do Campeonato Paulista, quando encarou a Ferroviária, em Araraquara, o técnico Jair Ventura [VIDEO], por conta de lesões e suspensões, teve vários problemas para definir o time que começaria jogando. Para a partida desta quarta-feira (14), contra o São Caetano, na Vila Belmiro, o treinador terá a volta de dois jogadores que cumpriram punição pelo terceiro cartão amarelo.

Um deles é Alison, que volta para o meio no lugar de Jean Mota, jogando à frente da dupla de zaga formada por Gustavo Henrique e David Braz. O meio de campo deverá ser completado por Renato e Vecchio, este que jogaria improvisado como meia.

No entanto, há a possibilidade de Renato ganhar um novo descanso, assim como foi no jogo contra a Ponte Preta. Se isso ocorrer, o argentino retorna á posição de origem, cabendo a Jean Mota ser o responsável pela armação das jogadas.

Outro que também volta é Copete, no entanto, ele ainda não tem vaga garantida no time titular. Caso volte, pode jogar tanto no ataque, quanto na lateral esquerda [VIDEO]. Explica-se: no jogo contra a Ferroviária, quando o colombiano esteve ausente, Jair usou pela primeira vez o trio ofensivo formando por Eduardo Sasha, Arthur Gomes e Gabriel, que deverá ser mantido contra o Azulão. Com isso, em um primeiro momento, ele teria que brigar por posição com Gomes.

Nas últimas três vezes que esteve em campo, Copete atuou os minutos finais improvisado na lateral esquerda, tendo desempenho satisfatório.

Como Romário e Caju, que são os laterais de ofício, não agradam, não será surpresa se o colombiano inicie a partida de quarta jogando nessa posição.

O provável time do Santos que irá pegar o São Caetano terá Vanderlei no gol, Daniel Guedes (que estará completando 50 jogos com a camisa do Peixe) na lateral direita, a dupla de zaga formada por Gustavo Henrique e David Braz e Caju (ou Copete) na lateral esquerda. O meio terá Alison, Renato e Vecchio. Na frente o trio ofensivo com Eduardo Sasha, Arthur Gomes e Gabriel.

Situação dos lesionados

O Santos tem praticamente meio time entregue ao Departamento Médico desde que começou o início do Campeonato Paulista, o que dificulta bastante o trabalho de Jair Ventura. Duas baixas ocorreram logo na estreia, quando o atacante Bruno Henrique levou uma bolada no rosto, o que lhe causou cinco lesões no olho direito, e ainda não tem previsão de volta, além do zagueiro Lucas Veríssimo, que sentiu uma lesão na coxa. O jogador, inclusive, esteve muito perto de deixar o clube na semana passada, quando estava negociando com o Spartak Moscou, porém as conversas desandaram.

A lista de entregues ao DM ainda conta com Victor Ferraz, que sofreu uma luxação no ombro no duelo contra o Ituano, com o zagueiro Cléber, que sofreu uma lesão na coxa na véspera do mesmo jogo contra a equipe do interior, além de Yuri, com fratura em um dos dedos do pé, e Luiz Felipe, que está com edema muscular na coxa.