Nesta quarta-feira (14), o Corinthians sofreu sua segunda derrota consecutiva no Campeonato Paulista ao ser batido pelo São Bento de Sorocaba [VIDEO] por 1 a 0, no que foi também o reencontro do time e da torcida com a Arena, que passou por troca de gramado. Além do resultado negativo, a noite foi também foi ruim para um jogador do elenco, que sofreu um assalto hora depois da partida. Felizmente, o prejuízo foi apenas material e não houve feridos.

Segundo informações publicadas pelo Fox Sports, o goleiro Caique sofreu um assalto quando deixava a casa da namorada, na madrugada desta quinta-feira (15). Ele foi abordado por seis elementos.

“Infelizmente, acontece no Brasil. Levaram o meu celular, o IPad, a minha bolsa de viagem”, disso o jogador em entrevista à TV Corinthians [VIDEO].

Na quinta-feira mesmo ele já esteve trabalhando no CT Joaquim Grava, onde participou de um jogo treino contra o Atlético Paranaense, com vitória do time da região sul por 1 a 0. O único gol da atividade foi anotado pelo zagueiro Wanderson.

Depois de duas derrotas consecutivas, para Santo André e São Bento, o Corinthians volta suas atenções para o jogo da próxima segunda-feira (19), quando irá até o estádio Moisés Lucarelli, encarar o Red Bull Brasil no encerramento da oitava rodada do Campeonato Paulista. No sábado seguinte fará o clássico diante do Palmeiras, na Arena. Esses dois jogos antecedem a estreia do alvinegro na Copa Libertadores da América, dia 28, na Colômbia, contra o Millonarios.

Negociação com ucranianos esfria

As negociações com Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, para a venda do volante Maycon esfriaram nos últimos dias e o jogador deve permanecer no Corinthians. Nesta sexta-feira (16), em conversas com jornalistas, Alessandro Nunes, e o diretor Duílio Monteiro Alves afirmaram que o clube europeu não enviou uma proposta oficial pelo jogador.

Os ucranianos haviam sinalizado nos últimos dias que pagariam cerca de 16 milhões de euros, pouco mais de 24 milhões de reais, para levar o jogador de 20 anos para o clube. O valor agradou a cúpula do Corinthians, uma vez que o clube detém 80% dos direitos sobre o atleta. Mesmo com as conversas estarem estagnadas, o jogador ainda poderá ser negociado com o Shakhtar até o dia 2 de março, data em que se fecha a janela de transferência por lá.

Ultimamente sem espaço na equipe de Fábio Carille, Maycon fez 78 jogos com a camisa do Corinthians e marcou seis gols.