Um dos maiores ídolos da história do Vasco da Gama, Juninho Pernambucano, se envolveu em uma enorme polêmica com os torcedores do Flamengo neste fim de semana. Tudo começou após a semifinal entre o clube rubro-negro e o Botafogo no domingo de Carnaval, quando o jovem Vinícius Júnior comemorou o último gol da partida provocando a torcida rival com o gesto de ‘chororô’. A atitude rendeu comentários de apoio e repúdio à brincadeira da joia flamenguista, e culminou com uma carta da diretoria botafoguense criticando a comemoração e vetando o empréstimo do Estádio Nilton Santos para a final da Taça Guanabara entre Flamengo e Boavista.

Ao longo da semana, Juninho participou do programa Seleção Sportv e se posicionou contra a atitude de Vinícius Júnior, alegando que o garoto deveria aprender a respeitar mais o perdedor pois “a vida dá muitas voltas”.

Ainda argumentou que se o futuro jogador do Real Madrid [VIDEO] foi maduro para fazer o chororô deveria ter sido maduro para atender a imprensa.

Passado de Juninho é relembrado

O posicionamento do comentarista gerou revolta nos rubro-negros. Pelas redes sociais, eles relembraram diversos momentos nos quais Juninho teve atitudes piores que a de Vinícius na semifinal da Taça Guanabara, como as vezes que mostrou o dedo do meio para torcidas adversárias. Inclusive um vídeo preparado pelo perfil @fladaniel_ mostrou um compilado de tais polêmicas.

Porém, a maior polêmica ocorreu na tarde deste sábado.

Após o rubro-negro Pedro Caruso, ex-participante do programa Fanáticos do Esporte Interativo, twittar seu manifesto para Rede Globo contra Juninho, o próprio comentarista resolveu ‘ajudar’ o flamenguista e respondeu o post.

“Oi, Rede Globo. Não esquece que o Flamengo sozinho garante quase 70% da sua audiência esportivo no Rio. E o Juninho Pernambucano, seu funcionário, declarou guerra à nossa torcida. Eu acho que você vai ter que escolher um lado, mamãe”.

“Pra te dar uma força e chegar lá mais rápido”

Pouco tempo depois Pedro postou print de uma conversa no particular com o comentarista onde Juninho tenta marcar um encontro para uma conversa.

Entretanto, foi com outro rubro-negro que Juninho foi mais grosseiro e causou maior revolta na web. O internauta Erick Lima mostrou uma conversa que o ídolo vascaíno abusa dos xingamentos e o agride verbalmente.

Campanha fez sucesso na web

Rapidamente os rubro-negros começaram uma campanha contra o comentarista da Globo e a hashtag #JuninhoNão entrou nos trending topics do Twitter.

No final da noite de sábado, Juninho retweetou o comentário de uma vascaína dando apoio a ele.