O Futebol chinês está trabalhando para levar Leo Messi para a China. De acordo com o jornal Mundo Deportivo, a estratégia do Hebei Fortune passa por seduzir o craque argentino. No início do plano, o time levou Lavezzi e agora Javier Mascherano, dois amigos de Leo, com a ideia de ajudar a convencer o argentino a ir jogar com eles. No entanto, o gênio de Rosário preferiu ficar no Barça e, portanto, renovou até 2021, apesar de ele não querer terminar sua carreira em Barcelona [VIDEO]. Mas será que ele vai mesmo ceder às ofertas da China?

Segundo o Mundo Deportivo, o mercado chinês vai pressionar o craque para ele fazer uma transferência, que poderia mudar o futebol do país.

Em uma estatística recentemente realizada, Messi foi considerado o jogador mais popular na China e é óbvio que se ele fosse jogar no país, o campeonato de futebol iria crescer muito, atraído pela presença da lenda que é, para muitos, um dos melhores da história do futebol.

China seduz Leo Messi

O futebol chinês de forma global e seus principais clubes, em particular, querem assinar Lionel Messi, seja como for. Eles acreditam que o argentino seria o elemento definitivo da decolagem de seu campeonato. E entre esses conjuntos, o mais interessado seria o Fortune Hebei da importante cidade chinesa de Qinhuangdao. De acordo com o jornal catalão, Leo recebeu uma oferta econômica incrível, no mercado de julho de 2017, que estaria rondando os 100 milhões de euros limpos (mais do dobro que ele está ganhando agora, após renovação com o Barça).

No entanto, Messi rejeitou a proposta, porque seus planos foram e continuam sendo claros: ele quer continuar no FC Barcelona. Por isso, renovou seu contrato até 2021 e assinou uma cláusula de rescisão de 700 milhões de euros, o que é proibitivo para qualquer time.

No entanto, as principais marcas chinesas, como a Huawei, poderiam ajudar a seduzir o craque, com muitos milhões. A Huawei é mesmo um dos maiores patrocinadores de Leo Messi, e ele até já esteve na China promovendo a marca.

De acordo com a imprensa chinesa, o Hebei Fortune assinou não só o 'Pocho' Lavezzi, mas também Javier Mascherano, como um investimento futuro para tentar Messi. Os dois argentinos internacionais são amigos pessoais de Leo e os funcionários do clube chinês consideram essa a melhor forma de chegar ao gênio de Rosário, para tentar convencê-lo a jogar na Super Liga da China. Eles sabem que a assinatura de Leo não depende do dinheiro, porque ele já rejeitou ofertas incríveis de todo o mundo e dos principais clubes.

Eles querem convencê-lo através de sentimentos e, claro, uma oferta econômica que não possa ser rejeitada.

Jogador vai regressar a 'casa'

No entanto, de acordo com o site Don Balón, o plano de Messi [VIDEO] de deixar o Barça não passa pela China. A grande estrela argentina não contempla terminar sua carreira no gigante asiático, mas ele tem planos muito diferentes para dar o toque final na sua brilhante carreira de futebolista. E os fatores econômicos não serão decisivos em sua escolha pelo último time, em que ele vai atuar como jogador. Seu grande sonho de criança era jogar no Newell's, de Rosário, e é o que ele quer fazer antes de finalmente pendurar as botas.

No momento em que o Barça decidir que já não conta mais com ele, Messi vai regressar a casa para jogar no Newell's. E ele não pondera atuar nem na China, nem nos EUA, uma vez que ele ainda quer chegar bem na Argentina, para poder ajudar seu time de coração.