O Palmeiras iniciou o ano de 2018 a todo vapor. Com seis jogos e seis vitórias no Campeonato Paulista, o time comandado por Roger Machado tem mostrado bastante obediência tática. Dentre essas partidas, o Palmeiras venceu o clássico contra o Santos por 2 a 1. O jogo foi considerado o grande desafio do time até agora, e tudo correu bem.

Machado deve fazer algumas alterações no time que enfrenta o Linense, hoje, no Allianz Parque. O lateral Michel Bastos deve seguir como titular. Alejandro Guerra pode ganhar chance e ser centroavante. Moisés e Dracena, por enquanto, devem seguir de fora.

Polêmica

Durante a semana, a Allianz Parque, arena palmeirense, foi citada por um dirigente corintiano.

"É uma baleia dentro de um aquário," referiu-se. Também pudera: a arena alviverde rende receitas altíssimas para o clube, que não tem qualquer tipo de despesa. Todos os encargos são descontados da bilheteria e ficam por conta da WTorre, empresa que administra o local.

Já a arena Corinthians passa por severo litígio. O Alvinegro não consegue quitar as parcelas e a dívida já virou uma verdadeira bola de neve. Andrés Sanchez, presidente eleito recentemente, já afirmou que o clube pode dar calote se não conseguir pagar.

Mercado

A semana do Carnaval também foi marcada por uma proposta. O meia Hyoran recebeu sondagem para retornar à Chapecoense. O jovem meio-campista chegou ao Palmeiras no final de 2016 e teve poucas oportunidades. Disputou apenas sete partidas e marcou um gol.

O técnico Roger Machado foi consultado pela diretoria palmeirense e reafirmou que deseja [VIDEO] mantê-lo no grupo.

O empresário do atleta, Fábio Baitler, também quer manter o passe do jogador preso ao clube paulista.

João Carlos Maringá, diretor de Futebol do time catarinense, confirmou a busca por Hyoran, mas entende que repatriá-lo é bastante complicado neste momento.

A comissão técnica do Verdão está conseguindo contornar possíveis insatisfações do elenco. O espírito de grupo foi implantado e os atletas entenderam [VIDEO] que joga quem está melhor e quem pode somar mais com o elenco.

O trabalho de Roger Machado tem sido muito elogiado por dirigentes palmeirenses que acompanham o dia dia do clube. O treinador passa muita confiança e sempre abre os ouvidos para seus comandados. Na semana passada, o clube ofereceu um almoço ao ar livre para jogadores, familiares e funcionários da Academia de Futebol. O clima do evento foi muito bom e a atitude elogiada por todos.