As primeiras semanas de Yerry Mina no Barcelona não estão sendo fáceis. O zagueiro colombiano só atuou em dois jogos, e parece que suas oportunidades estão muito raras. O craque chegou do Palmeiras em janeiro desse ano e carregava outras expectativas. Ele acreditava que podia somar mais minutos em um colosso europeu como o Barcelona e, com isso, ser opção para a seleção, ganhando mesmo um lugar no onze inicial. No entanto, está saindo tudo ao contrário para Mina [VIDEO], que não está encontrando espaço no time e parece que não vai encontrar tão rápido assim.

Adaptação difícil

Mina entrou do banco contra o Valência e jogou os 90 minutos contra o Getafe, mas parece que todos concordam que ele ainda precisa de tempo para se adaptar ao Futebol europeu, que tem um ritmo diferente, mas acima de tudo ele precisa se encontrar no esquema de jogo do Barcelona, que parece custar a todos.

Até nomes como Coutinho e Dembelé tardam em se encontrar no time, por ser um jogo muito rápido e com muitos passes, entre todos. Por isso, parece que será muito difícil entrar nos planos de Valverde nesta temporada.

Quando Valverde anunciou a convocatória para a partida contra Girona, Mina ficou incomodado por ficar de fora. Não é segredo para ninguém que o colombiano não está nada confortável com sua situação. No vestiário, eles sabem disso, e foi Messi quem tomou a palavra. O argentino [VIDEO] não só é um dos capitães, como ele é também muito amigo de Yerry e, por isso, ele quis falar com o zagueiro, assim que notou seu desapontamento por ficar fora da lista.

Mensagem de Messi

A mensagem do argentino foi clara: não desanime. A temporada é longa e Messi tem a certeza que Mina vai acabar por ter mais minutos.

Além disso, ele ainda está no período de adaptação. O importante, na opinião de Messi, é que o colombiano entenda a filosofia do clube, para se tornar um jogador principal no futuro. Yerry está encantado com o apoio que Messi sempre mostrou, e que desde o primeiro dia, o argentino tentou ser um suporte para o novo reforço do Barcelona, que só chegou em janeiro.

E a verdade é que não demorou muito para que Mina entendesse que as palavras de Messi faziam todo o sentido. Gerard Piqué e Nelson Semedo saíram lesionados da partida contra o Girona, o que vai obrigar Valverde a novas mexidas do time, especialmente para o zagueiro. Na Saída de Piqué, entrou o belga Vermaelen, e Mina sabe que ele está na sua frente para a posição de zagueiro, mas também sabe que o belga tem um grande histórico de problemas físicos, e que ele pode mesmo ganhar novas oportunidades, pois como Messi falou, a temporada é muito longa, e tudo pode acontecer.