O Palmeiras perdeu seu primeiro jogo na temporada e também no Campeonato Paulista. A derrota veio para o maior rival, o Corinthians, na Arena de Itaquera, em São Paulo. O resultado pouco afetou a classificação do Verdão, que deve ser confirmada em primeiro lugar no ranking geral.

O time comandado pelo técnico Roger Machado não fez boa atuação. Diante de todas as reclamações por conta da arbitragem de Raphael Clauss, o grupo entendeu que não fez uma boa partida e esteve distante disso.

O meia Moisés, pronto para ajudar após pré-temporada estendida, concedeu coletiva antes da viagem do elenco para Barranquilla, na Colômbia, onde fará a estreia na Libertadores nesta quinta-feira contra o Júnior Barranquilla.

Incomodado, o jogador disse que houve uma reunião forte após a derrota e que cada jogador expôs seu ponto de vista sobre como pode melhorar e avançar.

Moisés também revelou clima de tristeza nos vestiários e que atletas estão 'com sangue nos olhos' para [VIDEO] fazer temporada diferente e dar a volta por cima. O bate-papo dos atletas teve participação de alguns dirigentes, entre eles Maurício Galiotte. O presidente do clube revelou as fortes cobranças que vem sofrendo e foi bastante humano na conversa com cada um dos jogadores. O clima ao fim da reunião era de união e muita vontade de dar a volta por cima.

A disputa da Libertadores, claro, é super importante para a temporada. Mas levantar a taça do Campeonato Paulista também é um dos grandes objetivos do Palmeiras no ano de 2018. Ser campeão estadual depois de dez [VIDEO] anos tira um peso das costas do elenco e garante mais leveza ao longo das disputas.

Em 2017, o clube iniciou o ano focado para ganhar o torneio sulamericano. A frustração pela eliminação contra o Barcelona do Equador incomodou visivelmente nas disputas da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro. No torneio nacional, o Palmeiras esteve perto de assumir a liderança por algumas vezes, mas viu o rival Corinthians disparar com muito mais consistência e qualidade. O sétimo título brasileiro do rival ajudou na pressão por resultados em 2018.

Roger Machado deve promover algumas mudanças no time que perdeu para o Corinthians. Victor Luiz deve retomar posição na lateral-esquerda e Michel Bastos vai para o banco. Tchê Tchê, que foi muito mal no clássico, pode perder a vaga. Gustavo Scarpa pode jogar como titular dando apoio para o ataque. No gol, Jaílson, que foi expulso em Itaquera, segue como titular absoluto na posição, seguido de perto por Fernando Prass.