O brasileiro Neymar ficou furioso com a derrota em Madri, por 3 a 1, na Champions League, na última quarta-feira (14). Depois de vários jogos de grande excelência de seu time, ele acreditava que seus companheiros estavam prontos para eliminar uma das melhores equipes do mundo, o Real Madrid.

O sorteio mandou que os dois times se cruzassem logo nas oitavas de final da Champions e desde esse momento que Neymar acreditou [VIDEO] que seria possível eliminar o rival espanhol.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

No entanto, sua confiança deu lugar à desilusão e ele odiou perceber que ainda falta alguma coisa para o PSG se colocar entre os maiores de todos.

Ambição europeia foi ferida em Madri

É precisamente isso que ele quer ver acontecer brevemente.

Claro que o brasileiro de 26 anos ainda tem chances este ano de seguir em frente. Depois da derrota, por 3 a 1, Paris vai ainda receber a partida de volta, e ainda é possível recuperar, mas são poucos os que acreditam.

Apesar de o Real não estar fazendo a melhor temporada, poucas pessoas acreditam que o time possa ceder, depois de uma vantagem tão boa quanto essa, e perder por dois gols de diferença. Por isso, em Paris já se pensa no ano que vem, sendo certo que a equipe mantém seu foco no grande objetivo de ganhar o Campeonato Francês e a Copa da França já este ano.

Depois do investimento tão grande e, acima de tudo, a chega do terceiro melhor jogador do mundo de 2017, o PSG queria mais na Champions já este ano, mas se não for possível, o investimento vai continuar para o ano que vem.

Neymar está apontando para os culpados depois do desastre no Santiago Bernabéu.

Após a derrota do PSG, o brasileiro quer ‘’cortar’’ algumas cabeças do time. O atacante assinalou para a equipe parisiense com a promessa de um projeto que aspirava à Liga dos Campeões, e, com isso, poderia ajudá-lo a conquistar a Bola de Ouro. No entanto, o time corre o sério risco de cair na segunda rodada, logo na primeira fase de mata-mata.

Troca de treinador

Para o brasileiro, o maior culpado não poderia ser outro do que Unai Emery. A relação entre a grande estrela do PSG e o treinador nunca esteve perto da ideal. Após o desastre contra o Madri, ficou pior ainda. E tem mais. Se a eliminação for consumada, Neymar quer Emery fora do time. Em seu lugar, o craque da seleção canarinha até já tem um nome bombástico para o substituir no banco do PSG.

Ele vai exigir um treinador de classe mundial e seu favorito é José Mourinho. O brasileiro está convencido de que com o português o PSG estaria no caminho para ganhar tudo. A verdade é que Mourinho renovou há pouco tempo com o Manchester United, mas também é por mais conhecido de todos que o português adora Neymar e que, seguramente, ele iria amar treiná-lo.

Dois titulares de saída

Além disso, Neymar quer dois jogadores também fora do time. Sua má relação com Cavani é conhecida por todos. O ex-Barçelona [VIDEO] não aguenta o uruguaio e não quer continuar a compartilhar vestiário com ele na próxima temporada. Recentemente, até se falou da possibilidade de Luis Suárez entrar no lugar do compatriota uruguaio.

Finalmente, Neymar também acredita que a equipe precisa se reforçar no meio-campo. Um aspirante à Liga dos Campeões não pode ir com Lo Celso como iniciante, teria dito Neymar. Por isso, ele espera por um meia mais imponente e de classe mundial para dar mais segurança ao time.