O embalado Palmeiras volta a campo [VIDEO] nesta quinta-feira (15) para encarar o Linense, às 21 horas, no Allianz Parque. Único time com 100% de aproveitamento, o Verdão busca sua sétima vitória no Campeonato Paulista. No último treino antes do confronto contra o Elefante, o técnico Roger Machado fez uma alteração em relação ao time que vinha jogando, colocando o Guerra na vaga de Willian.

Na lateral-esquerda a tenência é que Michel Bastos seja mantido no time titular, uma vez que Diogo Barbosa ainda não fez sua estreia com a camisa verde. Ele foi um dos reforços trazidos para esta temporada e no momento está em fase de transição após se recuperar de uma entorse no tornozelo esquerdo.

O provável time que entrará em campo contra o Linense terá Jaílson no gol, a defesa formada por Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Michel Bastos. Felipe Melo, Lucas Lima e Tchê Tchê no meio. Guerra, Dudu e Borja.

Se o Palmeiras sobra no campeonato, a situação da equipe do interior [VIDEO] é bastante complicada. Com apenas quatro pontos, o Elefante está em penúltimo lugar na classificação geral e correndo sério risco de rebaixamento.

Sem tirar o pé

Praticamente classificado para as quartas de final, apesar de ainda ter metade da primeira fase pela frente, o Palmeiras mesmo com 100% de aproveitamento não pensa em tirar o pé do acelerador. “A fase classificatória termina daqui a seis jogos, mas a pontuação continua contando”, disse Roger Machado.

A analise do treinador é fundamentada no regulamento da competição.

A partir da fase eliminatória, o time de melhor campanha sempre terá o direito de fazer a partida de volta em casa e os pontos seguem se acumulando ao longo do mata-mata.

Se vencer o Linense, o treinador Palmeirense também baterá uma importante marca do clube. Ele se igualará a Filpo Nuñes como treinador que conquistou sete vitórias nos sete primeiros jogos à frente do time.

O argentino conseguiu esse feito em 1978, também pelo Campeonato Paulista, quando venceu a Portuguesa de Santos, depois bateu o rival Corinthians e depois enfileirou vitórias contra Juventus, Noroeste, Ponte Preta, Botafogo de Ribeirão e Santos. Coincidentemente, em 2018 o Verdão já bateu o Botafogo e o Santos.

No entanto, caso queria bater o recorde, ele terá que fazer uma primeira fase praticamente perfeita e se dar bem nas primeiras rodadas da fase de grupos da Copa Libertadores da América. Sylvio Pirillo, entre outubro e dezembro de 1963, engatou uma sequência de 11 vitórias seguidas em seus primeiros 11 jogos.