A estrela do Barcelona ​​Philippe Coutinho poderia estar se preparando para garantir uma outra cidadania. O brasileiro estaria disposto em alterar sua nacionalidade, a fim de contornar uma lei proibitiva para os jogadores não europeus que estão atuando na Europa. O craque estaria assim prestes a adotar a cidadania portuguesa, de acordo com a imprensa espanhola.

O jogador mostra assim seu compromisso com o Barça [VIDEO], repetindo um gesto já feito pelo amigo Luis Suárez. A ideia de Coutinho seria a de liberar um lugar para jogadores que não pertençam à União Europeia (UE) em seu novo clube.

Coutinho muito comprometido com o Barça

O jogador de 25 anos finalmente completou sua mudança para o Camp Nou, em janeiro.

O Barcelona pagou 120 milhões de euros (484 milhões de reais) ao Liverpool pelo craque, um valor que pode subir aos 160 milhões de euros (645 milhões de reais), em caso do cumprimento de alguns objetivos.

O meia criativo da canarinha está agora começando a impor seu talento no meio-campo do Barça, depois de quase um mês de paragem forçada, por uma lesão, que o impediu de entrar logo em campo. Coutinho está vivendo um sonho com essa chegada à Catalunha e está mais comprometido do que nunca.

Ele espera agora pode ajudar o Barça a manter seus altos padrões até o final da temporada para conquistar o título de campeão e depois se focará na Copa do Mundo da Rússia, onde ele espera conseguir brilhar ao lado do grande amigo Neymar.

Jogador vai ter dupla nacionalidade

No entanto, após a Copa, as coisas podem estar prestes a mudar em relação à cidadania do jogador.

A estrela está prestes a começar o processo de obtenção de um passaporte português, que é elegível por ele ser casado com sua esposa Aine, de acordo com o jornal Mundo Deportivo.

Para garantir um passaporte português, o jogador precisa estar casado com sua parceira há pelo menos três anos. Coutinho se casou com Aine em 2012, o que significa que ele já poderia ter feito isso durante seu tempo em Liverpool.

Porém, os Reds nunca tiveram necessidade de instruir o jogador a buscar a dupla cidadania, ao contrário do Barça, que quer que Coutinho saia da lista de jogadores estrangeiros para liberar vagas para possíveis entradas. Nesse momento, o time tem as três possíveis ocupadas: Coutinho, Yerry Mina e Paulinho. O meia poderia, assim, abrir uma nova vaga para que o Barça possa ter um espaço livre para uma entrada potencial de um jogador de um país fora da União Europeia.

Abrindo vaga para Arthur?

Os gigantes espanhóis [VIDEO] foram recentemente associados com o jovem brasileiro Arthur, do Grêmio, que poderia ser a razão para o Barça estar apressando Coutinho a conseguir o passaporte português.

Vale lembrar que o Campeonato Espanhol só permite a inscrição de três jogadores fora da União Europeia, mas descansem os torcedores brasileiros, porque Philippe Coutinho não vai trair a seleção e se juntar a Cristiano Ronaldo na portuguesa. Nesse capítulo, vai tudo continuar como antes.

Essa nem é a primeira vez que o Barça aproveitou essa lacuna para obter dupla nacionalidade para seus jogadores. O time já havia pedido a Luis Suárez para obter um passaporte italiano, em 2014, graças à esposa Sofia Balbi.