O presidente do Real Madrid quer fechar, o quanto antes, três contratações brutais. O Real Madrid tem andado mais calmo no mercado, mas agora Florentino Pérez está [VIDEO]preparado para arrasar novamente. Desde 2014 que o time não faz um grande investimento. Nesse ano, James Rodríguez chegou após a Copa do Mundo, por quase 90 milhões de euros. Dessa vez, também é ano de Copa, mas Florentino quer se adiantar e quer confirmar tudo ainda antes dos craques partirem para a Rússia.

Florentino Pérez quer que a revolução comece o mais rápido possível. O presidente do Real Madrid é muito claro que ele deve fazer várias adições para a próxima temporada para melhorar o time.

E ele vai se apressar. Para o espanhol, vai ser como um murro na mesa, porque ele está cansado de tudo isso. Essa temporada está correndo tudo mal, e ele exige mudanças o quanto antes. Porém, ele não querer esperar pela Copa do Mundo, temendo que aconteça o mesmo que aconteceu com James, que acabou se valorizando muito durante a prova, no Brasil.

E ele sabe que muitos jogadores são reavaliados na Copa, que é o show mais observado do mundo, e todos os times procuram por reforços [VIDEO]. Aqueles jogadores que mais se destacam com suas seleções, acabam se valorizando muito e é por isso que Florentino deseja que várias operações se fechem o mais cedo possível, de modo a que o preço não suba demasiado. O presidente do Real já se orgulhou de ter realizado algumas das transferências mais caras de sempre (Zidane, Figo, Cristiano Ronaldo ou Bale), mas a verdade é que depois de Neymar ter saído do Barcelona, o mercado ficou cada vez mais louco e são várias as transferências que já deixaram os negócios de Florentino para trás.

Na próxima temporada, ele vai ter que responder, especialmente quando parece que suas maiores estrelas estão em declínio. Florentino Pérez quer apresentar três reforços bombásticos. Os mais necessários são um goleiro e um atacante, sendo que David De Gea e Harry Kane continuam sendo os favoritos. No entanto, Florentino sente que se começar agora com seus contatos, ele tem chances de os conseguir, com a certeza que tanto um, como o outro teriam que ser muito bem pagos.

Por isso mesmo, ele sente que precisa fazer isso antes da Copa. De Gea arrisca uma boa prova, até porque a Espanha está muito forte, novamente. Também a Inglaterra, de Kane, tem suas chances para surpreender. Um time jovem, mas que parece bem melhor do que nos últimos anos. O super goleador Kane é um grande exemplo sobre as melhorias de sua seleção.

Além disso, a cereja no topo do bolo, que é Eden Hazard. O belga, do Chelsea, também está no centro das atenções e Florentino sabe que várias equipes vão lutar para levar o extremo do Chelsea, que também tem boas expetativas para a Copa.