O #Barcelona está muito bem essa temporada, e alcançou mais um objetivo na quinta-feira. A equipe de Ernesto Valverde garantiu seu lugar na final da Copa do Rei, que vai disputar em abril, contra o Sevilha. Em mais uma grande exibição, o Barça ganhou por 2 a 0, no Mestalla, confirmando a vitória na eliminatória com o Valência. No campeonato, o time catalão leva uma boa vantagem sobre o segundo classificado, e vai discutir a passagem as quartas de final da Champions contra o Chelsea. Tudo parece correr bem, mas o Barça vai mexer muito [VIDEO] na próxima temporada.

Início difícil não deixava prever esse sucesso

Quando essa época se iniciou, poucos poderiam imaginar esse sucesso do Barcelona.

Em poucas semenas, o time trocou de treinador, e viu partir Neymar para o PSG. Depois, se seguiu um longo mercado de transferências, que parecia resultar em nada. O time passou por momentos difíceis e, pior ficou quando a temporada começou com duas derrotas inapeláveis contra o Real Madrid [VIDEO], perdendo a super copa. Pior do que perder, pareciam ser as diferenças entre os dois times: o Real continuava no topo, e o Barça estava pior do que na temporada anterior.

Barcelona precisa vender

No entanto, duraram muito pouco as dúvidas. O Barça conseguiu Dembelé, Nelson Semedo e Paulinho no início da temporada, adiando a chegada de Coutinho para esse mês de janeiro. Tardou, mas foi. Tal como o estilo de jogo de Valverde, que bem feitas as contas, até nem demorou tanto assim. O tempo tratou de por as coisas em seu lugar e a verdade é que o Barça está arrasando.

No entanto, foi a custo que eles voltaram a elevar o nível. E também econômico. O Barcelona tem investido muito nos últimos anos e os casos mais gritantes são os de Coutinho e Dembelé, que custaram mais do que 100 milhões de euros cada um, mas o Barça tem comprado muito. Por isso, um dos objetivos da próxima temporada passa por reduzir os custos e fazer algum encaixe financeiro.

Seis craques de saída

É que o time ainda espera a chegada de Antoine Griezmann, que também não vai custar menos do que esses 100 milhões de euros. No entanto, para o francês chegar, o Barça vai ter que vender, correndo o risco de entrar em crise financeira. Para começar, aqueles que estão em empréstimo, devem sair a título definitivo, de acordo com o site Don Balón. Jogadores como Deulofeu ou Rafinha serão transferidos definitivamente. O clube espera chegar perto de 50 milhões de euros nas duas vendas.

André Gomes e Denis Suárez também dificilmente vão continuar. Especialmente no caso do primeiro, que o clube até já procurou uma saída tanto no verão passado quanto neste mercado de inverno. Lucas Digne também está na rampa de saída, e em dúvida, há ainda um Paco Alcácer que dificilmente consegue um espaço no poderoso ataque do Barça. #Futebol #Real Madrid