O Corinthians é um dos grandes clubes brasileiros e vem melhorando a sua situação financeira com a chegada de novos patrocínios, tanto que já anunciou seu sétimo investidor nesta temporada, portanto, o clube espera ter um ano próspero após as eleições presidenciais.

Além de ter um elenco recheado, o Corinthians pode esvaziar um pouco o seu elenco, pois com a volta de Lucca, com a tentativa de dar oportunidades ao jovem Pedrinho e com a chegada do Mateus Vital, o meio-campista e ponta-atacante Marquinhos Gabriel fica completamente sem espaço.

Marquinhos chegou ao Corinthians por R$ 11 milhões, sendo um dos grandes investimentos do clube, porém, não rendeu o esperado e acabou deixando a desejar, tanto que hoje é reserva absoluto e não tem chances na equipe titular.

Vai sair?

O jogador não está satisfeito sendo reserva no Timão e quer ter oportunidade em outro clube, pois o meia tem muitas propostas de rivais para deixar o alvinegro de Itaquera, portanto, tudo indica que o atleta vai deixar o clube.

Marquinhos Gabriel só está esperando as eleições para que possa ser vendido para o Santos, rival do Corinthians, clube por onde jogou e foi grande destaque, porém, lá também era reserva.

O jogador acabou chamando grande atenção por fazer lindos gols sempre que entrava nas partidas, tanto que se continuasse no alvinegro praiano, seria titular no ano de 2016 com a saída de Geuvânio para a China, jogador com quem ele disputava posição.

Rival quer o Marquinhos

O jogador é muito desejado e o clube deseja fazer uma grande investida para ter novamente o atleta, uma vez que o elenco está sentindo falta de um meia com a característica aguda, depois da saída de Lucas Lima para o Palmeiras.

O Peixe estava tentando negociar com o meio-campista argentino Lucas Zelarayan, mas o Tigres, do México, não está muito interessado em fechar o negócio e isso fez com que o alvinegro praiano reascendesse o desejo de ter Marquinhos Gabriel novamente.

O negócio seria muito bom para o Corinthians se fosse oferecido um bom dinheiro, até porque não é um atleta que se pode vender "a preço de banana", uma vez que o mesmo é muito útil quando entra do banco de reservas e cumpre muito bem taticamente as ordens do técnico Fábio Carille [VIDEO].

Pode rolar uma troca de jogadores caso a diretoria do Timão ofereça isso, mas o alvinegro praiano não parece ter muitos atletas para oferecer e somente um empréstimo ou uma compra o interessaria [VIDEO].