Defendendo o modesto Sivasspor da Turquia, o atacante Robinho [VIDEO] voltou a ser notícia no Brasil, nesta semana, ao comentar uma postagem publicada em uma página de torcedores santistas. Isso foi o estopim para surgissem vários comentários pedindo seu retorno ao time da Vila Belmiro.

Em uma página intitulada Santos Meu Mundo, foi postada uma crítica ao lateral-esquerdo Zeca, que está em briga judicial com o clube [VIDEO] deste novembro do ano passado. Um dos torcedores teceu um comentário onde criticava não apenas a diretoria santista, como também o que chamou de “toda a máfia do futebol”.

O jogador, então respondeu: “Tem razão, mano.

Deus abençoe nosso Peixão”. A frase foi curta, mas a repercussão enorme e imediatamente começaram a aparecer comentários elogiando o atacante e pedindo a sua volta para o Santos. Em três passagens pelo Peixe, o jogador, revelado pelo próprio clube, disputou 253 jogos e marcou 111 gols. Foi duas vezes campeão Brasileiro, duas vezes campeão Paulista e ainda levantou o troféu da Copa do Brasil.

De volta

Quem está de volta ao time do Santos, é o meia Alison, que ficou de fora do confronto contra a Ferroviária por estar cumprindo suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Ele será titular no duelo desta quarta-feira (14), contra o São Caetano, na Vila Belmiro, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

Quem também está de volta após cumprir suspensão em Araraquara, é o atacante Copete, porém o colombiano não tem vaga garantida.

O trio de ataque formando por Gabriel, Arthur Gomes e Eduardo Sasha agradou ao técnico Jair Ventura, e deverá ser mantido para o confronto diante da equipe do ABC. No entanto, Copete pode ser deslocado para a lateral esquerda, posição que atuou no final das três últimas partidas em que atuou. Romário e Caju não vêm agradando e com isso ele pode iniciar o jogo atuando nessa nova função.

Marca expressiva

Se a lateral esquerda tem sido motivo de preocupação para a comissão técnica, o lado direito segue tranquilo. Vivendo o melhor momento desde que chegou ao Santo, Daniel Guedes completará contra o São Caetano 50 jogos vestindo a camisa do Santos.

“Completar 50 jogos em um clube como o Santos é um privilégio”, disse o jogador que foi campeão da Copa São Paulo pelo Peixe, em 2014, e posteriormente, foi alçado ao time profissional. Depois de atuar pouco nos anos anteriores, ele ganhado sequência nesta temporada. Ele tem jogado na vaga de Victor Ferraz, que está se recuperando de cirurgia, mas que constantemente tem surgido rumores de uma possível transferência para o São Paulo.