O Palmeiras fez na tarde desta quinta-feira (22), mais um treino visando o clássico do próximo sábado (24), diante do Corinthians, em Itaquera, pela nona rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. Único invicto do estadual, o Verdão lidera o grupo D com 20 pontos e oito jogos.

Nas atividades feitas em campo reduzido, o treinador deu atenção especial para as jogadas aéreas, como cobranças de escanteio e cobranças de faltas batidas para dentro da área, e também orientou o posicionamento de seus comandados em situações de jogo.

Publicidade
Publicidade

Uma das novidades foi a presença de Borja, que treinou sem restrições. Já Moisés e Edu Dracena, que estavam voltando de contusão, treinaram em separado, no campo ao lado.

Tomando como base os últimos treinamentos, o Palmeiras deverá enfrentar o Corinthians com Jaílson no gol, a defesa formada por Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Michel Bastos; Felipe Melo; Willian, Tchê Tchê, Lucas Lima e Dudu formarão o meio de campo, com Borja mais uma vez sendo o homem de ataque.

Publicidade

Maior clássico de SP

Prestes a disputar seu primeiro Derby, o meia Lucas Lima afirmou que o duelo entre Palmeiras e Corinthians é o maior clássico do estado de São Paulo. “Na época em que eu estava no Santos, a rivalidade entre os times aumentou bastante, mas, em São Paulo, sem dúvidas é Palmeiras e Corinthians”, disse o camisa 20 em entrevista coletiva, que ainda cravou que não quer perder de maneira alguma.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Palmeiras PaixãoPorFutebol

Outro jogador que também estará disputando pela primeira vez o derby, que em 2017 completou 100 anos de história, é o lateral-direito Marcos Rocha. Acostumado com a rivalidade entre Atlético Mineiro e Cruzeiro, o jogador não escondeu a ansiedade de encarar o grande rival de seu clube no estado.

“Acredito que vale mais do que os três pontos (o Derby), é um dos maiores clássicos da América do Sul”, disse.

Para ele, mesmo não sendo decisivo para a pretensão de nenhum dos times na competição, o jogo é importante porque a cobrança do torcedor pelo resultado em cima do rival é grande. “Felipe Melo falou da importância de jogar contra o Corinthians, que pode dar tranquilidade ao treinador, tirar o peso”, analisou. “Não decidirá o nosso futuro na competição e no ano, mas a cobrança do torcedor é pela vitória sobre o Corinthians”, seguiu.

Publicidade

O duelo acontece neste sábado (25), às 17 horas, em Itaquera, e por determinação do Ministério Público do Estado de São Paulo, apenas torcedores do time mandante poderão acompanhar o clássico.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo