As categorias de base do Santos [VIDEO] sempre renderam diversos frutos ao time principal e constantemente os treinadores que por lá passam recorrem os jovens talentos e, na maioria das vezes, eles dão conta do recado e até garantem títulos importantes. Porém, isso também gera a cobiça e o interesse do mercado europeu, o que faz a diretoria se precaver e proteger ao máximo suas joias do assédio de fora. Nesta quinta-feira (15), mais um atleta da base teve seu contrato renovado.

Recém-promovido ao elenco dirigido por Jair Ventura [VIDEO], o meia-atacante Diogo Vitor, cujo contrato terminava no final do mês que vem, renovou seu acordo com o Peixe até fevereiro de 2021.

“É muito bom renovar com o Santos. Pretendo seguir atuando por vários anos aqui, no Peixe”, disse o jogador, lembrado que especulações irão sempre ocorrer, mas que sua vontade é de permanecer na Vila Belmiro.

No entanto, o discurso de felicidade e vontade de ficar por muito tempo no clube contradiz com seu comportamento e atitudes nos últimos tempos. Recentemente, o jogador havia dito que não ficaria no clube para assinar um contrato de três meses com o Real Madrid B, onde passaria por um período de testes. Também houve atritos entre os empresários do jogador e a diretoria santista. Os agentes dele não gostaram do fato do Santos, segundo eles, ter mandado funcionários para irem até a casa do atleta tratar da renovação e chegaram a dizer que ele não ficaria mais no alvinegro. Posteriormente, as partes acabaram se entendendo e encaminharam o acerto.

O jogador também teve problemas disciplinares, sumindo em pelo menos três oportunidades, duas quando já estava entre os profissionais e outra quando jogava pelo time sub 20. No entanto, de acordo com o próprio clube, seu comportamento mudou e ele passou a ter seu comportamento elogiado.

Ele vem treinando com o elenco de Jair Ventura e agora aguarda uma oportunidade de estar em campo, o que pode acontecer ainda neste campeonato estadual, uma vez que o treinador disse que pretende colocar todo mundo para jogar.

Depois de recuperar a liderança do grupo D do Campeonato Paulista, onde agora soma 11 pontos, o Santos agora se prepara para o clássico do próximo domingo (18), quando encara o São Paulo, às 17 horas, no estádio do Morumbi, jogo válido pela oitava rodada. Para o duelo contra o Tricolor, Jair Ventura não poderá contar com David Braz, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o São Caetano e terá que cumprir suspensão.