Não foi apenas a vitória contra o São Caetano, [VIDEO] nessa quarta-feira à noite (14), na Vila Belmiro, pela sétima rodada do Campeonato Paulista, que deixou o torcedor santista e o técnico Jair Ventura satisfeitos. Nesta quinta-feira (15), foi praticamente acertado o empréstimo do lateral-esquerdo Dodô junto à Sampdoria, da Itália.

O jogador de 26 anos é esperado em Santos nesta sexta-feira (16), onde fará a realização de exames médicos e pessoas próximas revelam que o acordo está muito bem encaminhado. Segundo informações reportadas pelo jornalista italiano Gianluca Di Marzio, o jogador ficará no Peixe até o final deste ano.

Apesar de seu salário não ter sido revelado, sabe-se que ele não ultrapassará o teto salarial santista, estipulado pelo presidente José Carlos Peres em 300 mil reais. O jornalista informou ainda que, caso queria ficar como atleta, o Santos terá que desembolsar 1,5 milhão de euros, cerca de 6 milhões de reais, além de ficar com 5% sobre uma futura venda.

Ele chega para resolver um problema que tem dado bastante dor de cabeça ao técnico Jair Ventura [VIDEO]. Desde que Zeca entrou na Justiça para deixar o clube, nenhum jogador se firmou na lateral-esquerda. Destaque do Ceará na última Série B do Campeonato Brasileiro, Romário jogou os dois primeiros jogos do Campeonato Paulista e não agradou, perdendo a posição par Caju, que também não se firmou.

No duelo contra o São Caetano, mais uma vez Jair colocou o atacante Copete improvisado na posição nos minutos finais do jogo.

Isso já havia sido feito contra Ponte Preta, Ituano e Palmeiras.

Dodô começou nas categorias de base do Corinthians e passou pelo Bahia antes de seguir para o Futebol italiano, onde jogou por Roma, Inter de Milão e posteriormente a Sampdoria, aonde não vinha sendo muito aproveitado.

Agora vai atrás de um meia

Com a aparente resolução do problema na lateral esquerda, agora a diretoria do Santos foca na contratação de um meia para repor a saída de Lucas Lima. No último dia 5, o presidente José Carlos Peres afirmou que um jogador para esta posição chegaria em dez dias, mas, passado esse prazo, nenhum atleta foi anunciado.

Na data em que fez a “promessa”, o presidente ainda negociava com Lucas Zelarayán. O jogador do Tigres do México chegou a ter sua contratação dada como certa, mas as negociações acabaram recuando.

Outro nome que foi sondado pelo clube nesse período foi o de Marquinhos Gabriel, que poderia ser envolvido em uma troca, mas o jogador já até entrou em campo pelo Corinthians e, por enquanto, a tendência é que ele permaneça no Parque São Jorge. Outros nomes são guardados em sigilo pela diretoria.