A vitória do Santos [VIDEO] por 1 a 0 no clássico do último domingo (18), contra o São Paulo, em pleno estádio do Morumbi, em jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Paulista, rendeu alguns comentários e provocações no Twitter. Um deles feito pela própria assessoria de imprensa santista.

Com o gol marcado aos nove minutos do segundo tempo, Gabriel fechou a trinca de ter marcado gol na casa dos principais rivais do Peixe, incluindo Allianz Parque e Arena Corinthians [VIDEO].

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Santos

O fato não passou batido pelos santistas. No dia seguinte ao clássico, o perfil oficial do Santos FC publicou uma imagem no Twitter com a legenda “Dançando na casa dos rivais”, acompanhada de três fotos de comemorações do jogador, sempre dançando, cada uma contra um adversário.

Abaixo das fotos outra legenda: “Mais alguém colecionando esse álbum? Bom dia, nação santista!”.

As provocações, no entanto, tiveram início ainda no domingo, quando, de maneira sarcástica, perfil santista respondeu a um comentário feito por um torcedor do São Paulo após a contratação de Gabriel. Na postagem feita em 18 de janeiro, o torcedor escreveu: “Notícia boa para (a maioria) dos são-paulinos: Gabigol praticamente fechou com o Santos”. A resposta santista se resumiu a um “Ufa!”, acompanhado de várias mãos para o alto. Antes de fechar com o Peixe, Gabriel chegou a ser especulado como possível reforço do time do Morumbi para a temporada.

Ansiedade para a estreia

Agora, Gabriel quer dançar em estádios de outros países da América do Sul. Restando pouco mais de uma semana para a estreia na Copa Libertadores da América, o camisa 10 santista está muito ansioso para jogar o torneio continental pela primeira vez.

“É uma grande novidade, estou muito ansioso. Sou santista e vi muitos jogos da Libertadores na Vila”, disse em entrevista coletiva.

As dificuldades financeiras enfrentadas desde o ano passado inibiram qualquer contratação de grandes nomes, e mais uma vez a base apareceu para dar suporte ao time de cima. Prova disso é que no clássico do último domingo (18), contra o São Paulo, Jair Ventura utilizou oito jogadores pratas-da-casa, incluindo Gabriel, que fez o gol da vitória, e agora se propõe a ser um dos líderes do time no torneio continental. “Eu me vejo como líder do time. Mesmo jovem, passei por várias coisas. Tento ser exemplo dentro e fora de campo”, declarou o jogador.

Antes da estreia na Libertadores, no entanto, o Santos ainda joga pelo Campeonato Paulista, no próximo domingo (25), quando recebe o Santo André, na Vila Belmiro, buscando a terceira vitória consecutiva na competição.