Um dos grandes problemas enfrentados pela nova cúpula do Santos, encabeçada por José Carlos Peres, foi na questão financeira, que inviabilizou a contração de grandes reforços no início da temporada, chegando até mesmo a adiar a apresentação oficial do técnico Jair Ventura. A situação obrigou a diretoria a fazer um verdadeiro choque de gestão no clube e o mandatário santista revelou quando já foi economizado apenas no primeiro mês em que tais medidas foram implantadas.

Publicidade
Publicidade

“Estamos com 2 milhões de reais de economia por mês”, disse José Carlos Peres em entrevista coletiva concedida na sexta-feira (23), na Vila Belmiro. Ele também revelou que a reorganização no Santos está sendo feita através de uma auditoria e que a intenção é caminhar o clube à divida zero.

Peres também informou que será ele quem tomará a frente das negociações com jogadores enquanto um novo diretor executivo não chega para subsistir Gustavo Vieira, que foi demitido na semana passada.

Publicidade

“Ele me passou o que estava fazendo e estamos trabalhando nesse sentido. Não terceirizamos”, disse.

“O novo diretor deve chegar, mas não temos pressa”, completou. Um dos nomes mais especulados para ocupar a vaga é o de Sérgio Dimas, que atualmente trabalha na equipe do Red Bull Brasil.

Vitória na Justiça

Na semana passada, a Justiça de São Paulo homologou o acordo firmado entre Santos e Doyen. Assim o time santista teve liberada todas as receitas que estavam retidas por conda da dívida.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Santos

Em razão dessa pendência, o time chegou a ter 20 milhões de reais de suas receitas retidos e agora, conforme foi acordado, o clube terá dois anos para pagar duas parcelas de 5 milhões de euros cada (20 milhões de reais).

Camisa nova só em abril

A expectativa era que o Santos estreasse seus novos uniformes, agora confeccionados pela empresa inglesa Umbro, já nesta quinta-feira, dia 1º de março, quando a equipe faz sua estreia na Copa Libertadores da América.

No entanto, devido a um novo acordo entre o Santos e a fornecedora, a confecção das camisas atrasaram e o torcedor poderá ver a roupa nova do Peixe apenas em abril.

"A estreia foi um pouco atrasada devido à mudança de comando e deve acontecer em abril”, disse o presidente santista, José Carlos Peres. O mandatário ainda revelou que o clube fará uma homenagem à Inglaterra em seu novo fardamento.

A empresa, que também faz as camisas do Cruzeiro, Grêmio, Atlético Paranaense e Bahia, pretende homenagear algumas seleções que irão disputar a Copa do Mundo.

Publicidade

Essa camisa do Santos será azul marinho e já teve aprovação do Conselho Deliberativo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo