O Palmeiras tem como seu treinador o Roger Machado, que vem crescendo cada vez mais na função e, nesta temporada, tem grandes chances de viver o seu auge, uma vez que o elenco alviverde da capital é o mais recheado dentre todos os outros clubes brasileiros.

O centroavante Miguel borja é um colombiano que foi contratado com intuito de ser o grande herói da temporada 2017, junto com o venezuelano Alejandro Guerra, pois ambos foram os grandes protagonistas da conquista do Atlético Nacional na Libertadores da América, em 2016.

No entanto, Borja sempre foi uma grande polêmica entre os torcedores palmeirenses, até porque existe o fato de que o técnico Cuca não gostava nem um pouco de seu futebol, denominando a forma de Borja jogar como 'banheirista', já que o atleta participava pouco do jogo e só servia para a finalização.

Contudo, Cuca afirma que Borja serve somente se o time jogar para ele, mas não para resolver partidas com um grupo totalmente sincronizado.

Borja e Roger

O técnico Alberto Valentim foi quem começou a dar oportunidades ao atacante na temporada passada, após o técnico Cuca ter sido demitido com a pífia campanha que o alviverde da capital estava emplacando com o seu comando.

Miguel Borja, no entanto, não andava fazendo muitos gols, mesmo ao final da temporada ainda era muito questionado para que se desse mais oportunidades ao Willian 'bigode'.

Neste começo de temporada, o técnico Roger Machado chegou com a intenção de dar oportunidades ao Miguel Borja e Willian ao mesmo tempo, colocando o colombiano como centroavante e o consagrado Willian como ponta-direita, assim fazendo com que Borja rendesse muito e estar sempre fazendo muitos gols pelo Verdão.

O centroavante causou grande polêmica ao falar que os brasileiros falam muito e que foi Deus quem colocou Roger Machado em sua vida, pois agora ele conta que é um novo homem.

Borja tem 5 gols em 7 jogos, tendo então uma média de 0,71 gols por jogo.

Revelação polêmica!

O centroavante revelou que o segredo de seu sucesso é que o técnico Roger Machado tem confiança em seu futebol, diferente de Cuca, mandando claramente um recado para o ex-treinador do Verdão, que não apoiou o seu futebol e deu-lhe muitas poucas oportunidades [VIDEO].

O centroavante vem sendo titular absoluto e isto não deve mudar, agora seu maior objetivo é jogar a Copa do Mundo, pela Seleção Colombiana, a qual se classificou com certa facilidade e teve Borja em alguns momentos [VIDEO].