Nas últimas semanas a nova diretoria do Santos [VIDEO] tem feito uma reformulação no departamento técnico das categorias de base, o que provocou a demissão de alguns profissionais, alguns deles com história dentro do clube como jogadores. Um dos profissionais que perderam o cargo foi Gustavo Roma, que era responsável por treinar a categoria sub 15. Como o nome sugere, ele é sobrinho do ex-presidente Modesto Roma Júnior e em entrevista recente disse que sua demissão tem motivações políticas e ainda disse que “não faz parte do esquema”.

“Não faço parte de esquemas. Comigo jogam os melhores. Justiça e dignidade incomodam”, disse Roma em entrevista divulgada pelo site Diário Peixe.

Ele ainda se apoia em números e conquistas para questionar sua saída do clube. “Eu só queria entender como um técnico que é campeão [VIDEO]invicto pode ser dispensado assim”, disparou o treinador. “Bati o recorde nessa categoria. Foi a melhor campanha de todos os tempos”, lembrou.

Ele chegou ao time sub 15 do Santos em 2015 e desde então chegou a duas finais e conquistou um título de maneira invicta. Ele foi perder seu primeiro jogo, após mais de um ano à frente da categoria. Nesse período que ficou no sub 15, o Santos acumulou no Campeonato Paulista 58 vitórias, 12 empates e sofreu apenas três derrotas. Antes, entre 2003 e 2011 já havia sido preparador físico do time feminino nas categorias de base.

Zagueiro sonha com chance na equipe

Um dos jogadores a ser treinado na base por Gustavo Roma é Kaique Rocha.

Com apenas 16 anos, o zagueiro foi um dos destaques do Peixe na boa campanha na última Copa São Paulo de Futebol Júnior, quando participou dos sete jogos e marcou um gol. Ele faz parte da mesma geração que já alçou ao time profissional os jogadores Rodrygo e Yuri Alberto e agora sonha em breve reencontrar os companheiros no time principal. “Eu venho jogando há muito tempo com Rodrygo, Lucas Lourenço e Yuri Alberto. Fico muito feliz pelo sucesso deles”, disse o jogador.

Jair Ventura conta com sete zagueiros no elenco principal, porém dois deles estão fora de combate, o que pode abrir uma oportunidade para Kaique em breve. Na Copa São Paulo, além da pouca idade, outra detalhe chamou muita a atenção de quem acompanhou mais atentamente. Levando em conta todos os sete jogos que fez, o zagueiro cometeu apenas uma falta.

O elenco do Santos sub 20 está em férias e só volta as atividades no dia 22 deste mês, quando inicia a preparação para o Campeonato Paulista da categoria.